Ian Langsdon/EFE
Ian Langsdon/EFE

Com convites, Brasil poderá ter até 9 tenistas na chave de duplas do Rio Open

ATP 500 vai ser disputado na próxima semana, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro

Redação, Estadão Conteúdo

13 Fevereiro 2019 | 18h06

O Brasil pode ter até nove tenistas na chave de duplas do Rio Open, ATP 500 em quadras de saibro que será realizado na próxima semana no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira, a organização anunciou os convites e os paulistas Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva e a dupla formada por Thiago Monteiro e Fernando Romboli foram premiados com os wild cards da chave principal, enquanto que os jovens Gilbert Klier Jr. e Thiago Wild disputarão o qualifying.

Para a chave principal, o Brasil já tem sete tenistas garantidos. Além das duas duplas que receberam convite, os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo disputarão o torneio juntos pela primeira vez desde 2016 e o gaúcho Marcelo Demoliner fará parceria com o dinamarquês Frederik Nielsen.

Bellucci e Rogerinho são companheiros de longa data, tendo disputado torneios desde 2006. A dupla paulista, que competiu pela última vez em Wimbledon/2017, volta a jogar junta no Rio de Janeiro.

Já Monteiro, que derrubou o francês Jo-Wilfried Tsonga na edição de 2016 do Rio Open, unirá forças com o carioca Romboli, em ascensão no circuito de duplas e atual 123.º colocado do ranking da ATP. É a primeira vez que o cearense e o tenista do Rio de Janeiro disputam um torneio juntos.

Entre os destaques, a lista dos times confirmados também conta com os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, bicampeões do Rio Open (2014 e 2016), vices do Aberto da Austrália em 2018 e a segunda melhor parceria da última temporada, o espanhol Marc Lopez, campeão de Roland Garros em 2016, e o uruguaio Pablo Cuevas, campeão de Roland Garros em 2008.

"É importante valorizarmos que mais uma vez o Rio Open atrai diversos campeões e finalistas de Grand Slam em sua chave de duplas, o que engrandece a competição e faz com que os fãs acompanhem um altíssimo nível técnico de tênis", disse Luiz Carvalho, diretor do torneio.

O qualifying de duplas, que acontecerá neste sábado e domingo, reúne quatro parcerias em busca da última vaga na chave principal. Os jovens Gilbert Klier Jr. e Thiago Wild, companheiros de treino no Rio de Janeiro e grandes promessas do tênis brasileiro, completam os convites dados pela organização.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.