Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Com Del Potro, Argentina avança à final da Copa Davis

O jovem Juan Martin del Potro, de apenas 19 anos, levou a Argentina à sua terceira final de Copa Davis. Neste domingo, no saibro de Buenos Aires, a nova estrela do tênis no país não deu chances ao russo Igor Andreev, e venceu por 3 sets a 0, em parciais de 6/4, 6/2 e 6/1. Com a vitória de Del Potro, os argentinos fizeram 3 a 2 na Rússia, fechando uma dramática série melhor-de-cinco. O novo ídolo local entrou em quadra com a pressão de vencer - horas antes, o número 1 do país, David Nalbandian perdera parta Nikolay Davydenko - e não sucumbiu.Na final, os argentinos terão pela frente a Espanha, que não deu chances aos Estados Unidos e venceu por 4 a 1, com direito a um inapelável 3 a 0 de Rafael Nadal sobre Andy Roddick, com 6/4, 6/0 e 6/4. O confronto acontecerá em Buenos Aires, entre 21 e 23 de novembro.Em toda a história da Davis, a Argentina chegou duas vezes à final. Em 1981, a equipe de Guillermo Vilas e José Luís Clerc perdeu para os Estados Unidos de John McEnroe, que venceu as duas partidas de simples e o jogo de duplas, em confronto terminado com placar de 3 a 1.Em 2006, os argentinos voltaram à final, com Nalbandian, José Acasuso e Agustín Calleri. Mas não resistiram à Rússia de Marat Safin, Nikolay Davydenko e Dmitry Tursunov, e perderam por 3 a 2, em Moscou.

AE, Agencia Estado

21 de setembro de 2008 | 18h39

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisJuan Martin Del Potro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.