Hugo Correia/Reuters
Hugo Correia/Reuters

Com dificuldade, Thomaz Bellucci vence e avança no Torneio de Estoril

Brasileiro bateu francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 7/5

AE, Agência Estado

27 de abril de 2011 | 12h39

Thomaz Bellucci precisou salvar dois match points e jogar quase três horas, nesta quarta-feira, para seguir vivo no Torneio de Estoril. O tenista brasileiro venceu o francês Edouard Roger-Vasselin por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 7/5, para se garantir nas quartas de final do ATP 250 português disputado em quadras de saibro.

Agora, por um lugar na semifinal, o tenista número 1 do Brasil e 31 do mundo espera pela definição do vencedor do confronto entre o francês Jo-Wilfried Tsonga, terceiro cabeça de chave, e o uruguaio Pablo Cuevas, que será realizado também nesta quarta.

Com o sofrido triunfo diante do atual 129.º colocado do ranking da ATP, Bellucci voltou a comemorar duas vitórias seguidas no circuito profissional, fato que não acontecia desde fevereiro, quando ele avançou à semifinal do Torneio de Acapulco, no México. De lá para cá, ele parou na segunda rodada do Masters 1.000 de Indian Wells e caiu nas estreias de Miami, Montecarlo e Barcelona.

Nesta quarta, Bellucci se complicou em um jogo que se desenhava como fácil para ele. Sem sofrer nenhuma quebra de saque no primeiro set, ele aproveitou uma das três chances que teve de ganhar no serviço do adversário para depois liquidar a parcial em 6/3.

Já no segundo set, o brasileiro voltou a quebrar o saque do adversário e chegou a sacar para fechar o confronto, mas vacilou e teve o serviço quebrado. E, em seguida, quando sacava com desvantagem de 6/5, novamente foi superado após cometer uma dupla falta e viu o francês fechar em 7/5.

No terceiro set, Bellucci conseguiu uma quebra de saque logo de cara, mas depois voltou a ser quebrado e, quando perdia por 5/4 no décimo game, precisou salvar dois match points antes de igualar o placar em 5/5. E, em seguida, o brasileiro obteve nova quebra e depois serviu para fechar o confronto, que terminou após duas horas e 57 minutos de batalha.

Em outro jogo já encerrado nesta quarta-feira em Estoril, o sueco Robin Soderling, cabeça de chave número 1, também precisou jogar três sets para vencer o francês Jeremy Chardy, com parciais de 6/1, 6/7 (4/7) e 6/1, e avançar às quartas de final. Com isso, ele agora espera pela definição do ganhador do confronto entre o argentino Juan Martín del Potro e o colombiano Alejandro Falla, que também acontece nesta quarta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.