Com dores, Del Potro jogará no sacrifício na Copa Davis

Apesar de seguir sofrendo com as consequências de uma lesão no pulso esquerdo, Juan Martín del Potro confirmou nesta quarta-feira que defenderá a Argentina contra a República Checa, entre esta sexta e domingo, em Buenos Aires, pelas semifinais da Copa Davis.

AE-AP, Agência Estado

12 de setembro de 2012 | 16h54

"Pelos torcedores mais do que qualquer coisa, porque é algo bonito jogar aqui na Argentina, vou fazer o esforço e tratar de dar o máximo com tudo o que eu tenho", afirmou o tenista de 23 anos. "Há muito tempo que venho com dores, com uma lesão detectada por sorte", revelou.

Del Potro treinou nesta quarta-feira na quadra de saibro do Parque Roca, onde será disputada a série melhor de cinco jogos do confronto diante dos checos. Ele e Juan Monaco estão pré-escalados para disputar os duelos de simples desta sexta, enquanto Carlos Berlocq e Eduardo Schwank deverão atuar na partida de duplas no sábado.

Del Potro foi eliminado pelo sérvio Novak Djokovic nas quartas de final do US Open, na semana passada, e agora tentará ajudar os argentinos a garantirem classificação para a segunda final consecutiva de Copa Davis. No ano passado, a Argentina caiu diante da Espanha na decisão. Os espanhóis, por sua vez, estão novamente na semifinal e terão pela frente os Estados Unidos.

Rival da Argentina nesta briga por uma vaga na decisão, a República Checa conta com Tomas Berdych e Radek Stepanek pré-escalados para os duelos de simples, enquanto Lukas Rosol e Ivo Minar deverão representar o país nas duplas. Os argentinos foram derrotados nas quatro finais de Davis que jogaram até hoje.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.