Erik S. Lesser/EFE
Erik S. Lesser/EFE

Com dores no punho, Del Potro anuncia que não jogará o Masters 1000 de Toronto

Tenista argentino já foi submetido a três cirurgias na região

Estadão Conteúdo

08 Agosto 2018 | 14h33

O argentino Juan Martín del Potro anunciou nesta quarta-feira que não poderá jogar o Masters 1000 de Toronto, no Canadá, por causa de dores em seu punho esquerdo, o mesmo que já obrigou o tenista a ser submetido a três cirurgias.

+ Sharapova confirma vitória após chuva e Kvitova avança às oitavas em Montreal

Atual quarto colocado do ranking mundial e terceiro cabeça de chave da importante competição canadense realizada em quadras duras, Del Potro tinha a sua estreia prevista justamente para esta quarta, contra o holandês Robin Haase. Porém, ele se viu obrigado a abandonar o evento preparatório para o US Open, Grand Slam que começa no próximo dia 27, em Nova York.

"Lamentavelmente, não vou poder participar em Toronto porque minha munheca esquerda deve descansar alguns dias", informou o argentino por meio de uma mensagem publicada em suas redes sociais. "Obrigado pelo apoio e nos vemos em Cincinnati (palco do Masters 1000 que começa na próxima semana)", completou o tenista no seu Twitter.

Del Potro, de 29 anos, foi vice-campeão do Torneio de Los Cabos, no México, no último sábado, e agora espera se recuperar a tempo de jogar em Cincinnati, nos Estados Unidos, onde participaria de sua última competição antes de atuar no US Open, do qual se sagrou campeão em 2009.

Após amargar longos períodos de afastamento das quadras, Del Potro conseguiu ter boas sequências de partidas nas últimas três temporadas e está exibindo bom desempenho em 2018, com campanhas expressivas em eventos de Grand Slam e com os títulos do ATP 500 de Acapulco, no México, e do Masters 1000 de Indian Wells, em solo norte-americano.

Del Potro já teve operado por uma vez também o seu punho direito e no último sábado deixou escapar o título do Torneio de Los Cabos ao ser derrotado na final pelo italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênisJuan Martín del Potro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.