Daniel Vorley/Divulgação
Daniel Vorley/Divulgação

Com Feijão de volta, Brasil define escalação para confronto na Davis

Capitão João Zwetsch confirma o retorno do tenista paulista e convoca ainda Thomaz Bellucci, Bruno Soares e Marcelo Melo 

Estadão Conteúdo

24 de fevereiro de 2015 | 10h04

O capitão do Brasil na Copa Davis, João Zwetsch, anunciou nesta terça-feira a escalação da equipe para o confronto com a Argentina, em Buenos Aires, entre os dias 6 e 8 de março. Zwetsch confirmou o retorno de João Souza, o Feijão, ao time e convocou ainda Thomaz Bellucci e Bruno Soares e Marcelo Melo para as duplas.

Feijão volta ao grupo brasileiro da Davis após ser preterido na última convocação, na disputa da repescagem contra a Espanha, em São Paulo. Na época, a ausência do tenista gerou atritos e polêmica na equipe porque Zwetsch preferiu chamar Rogério Dutra Silva e o inexperiente Guilherme Clezar, que é treinado pelo capitão.

A convocação dos dois, que não vinham exibindo resultados superiores ao de Feijão no circuito, gerou críticas públicas por parte do próprio tenista preterido. Feijão questionou a opção técnica do capitão e causou mal-estar dentro do grupo. O desempenho de Dutra Silva, abaixo do esperado, gerou ainda mais críticas. Apesar disso, o Brasil superou a Espanha, com duas vitórias de Bellucci e o triunfo da dupla Soares/Melo.

Desde então, Feijão tem crescido nos torneios e no ranking. Curiosamente, chegará ao confronto com a Argentina como o número 1 do Brasil. Ele vai superar Bellucci na próxima atualização do ranking, na segunda-feira que vem, em razão do bom rendimento nas últimas semanas, no Brasil Open e no Rio Open, ambos em solo nacional.

Com a boa fase, Feijão alcançou seu melhor ranking nesta semana. Agora ele é o 77.º do mundo - Bellucci é o 71.º, mas perderá preciosas posições por ter sido eliminado na estreia em Buenos Aires, na segunda-feira. Em seu melhor desempenho em um torneio de nível ATP, Feijão chegou às semifinais no Brasil Open, em São Paulo, e às quartas, no Rio.

"A equipe chega mais consistente desta vez em função do bom momento do Feijão, que é bom para a equipe inteira. É uma oportunidade boa ele poder consolidar sua importância no momento para a equipe", afirmou Zwetsch, ao anunciar a convocação.

Feijão volta ao grupo brasileiro da Davis após as convocações para os confrontos com o Uruguai, em 2011, e a Colômbia, em 2012. Foi contra os colombianos que ele fez sua estreia. "É um teste legal, vai ser bom para ele. A gente está sabendo das dificuldades, mas chegando no confronto com confiança."

O capitão brasileiro chamou ainda Guilherme Clezar e Fabiano de Paula para o período de preparação para o duelo. O grupo vai viajar para Buenos Aires no próximo sábado para dar início aos treinos em solo argentino.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.