Leo Correa/AP
Leo Correa/AP

Com ingressos esgotados, cambistas agem no Rio Open

No entorno do Jockey Club Brasileiro, entradas chegam a custar R$ 1.000

Marcio Dolzan, Agência Estado

23 de fevereiro de 2014 | 12h56

RIO - Com os ingressos para a final do Rio Open entre Rafael Nadal e Alexander Dolgopolov esgotados, os cambistas agem com força nas imediações do Jockey Club Brasileiro, onde está sendo realizado o torneio, antes do começo da decisão da chave de simples entre o espanhol e o ucraniano.

Cinco horas antes do horário marcado para a iniciar a final, o Estado flagrou três cambistas oferecendo ingresso com o valor mais de três vezes superior ao preço original. O bilhete para acesso à cadeira lateral estava sendo oferecido a R$ 500, mas o preço constante no ingresso era de R$ 160 - esse valor é referente à meia-entrada, destinado a professores da rede pública do Rio, estudantes ou idosos. O ingresso mais barato para a final de domingo custa R$ 320.

Questionado pelo Estado sobre o ágio excessivo, o cambista retrucou: "Que isso, está barato! O pessoal está vendendo esse a R$ 1 mil". Ainda assim, ele ofereceu um desconto. "Faço dois por R$ 900". A final de simples do Rio Open está prevista para começar às 17 horas. Neste domingo, no Jockey Club Brasileiro, também estão sendo disputadas as decisões da chave feminina (Klara Zakopalova e Kurumi Nara) e da chave de duplas masculinas (Juan Sebastian Cabal/Robert Farah x David Marrero/Marcelo Melo).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRio OpencambistasRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.