Johannes Eisele / AFP
Johannes Eisele / AFP

Com lesão na mão esquerda, Nadal desiste de disputar Masters de Xangai

Espanhol, número dois do mundo, alega dores na mão esquerda e por isso ficará por um período longe das quadras

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de outubro de 2019 | 08h21

A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) anunciou nesta sexta-feira que Rafael Nadal não vai disputar o Masters 1000 de Xangai, que terá início no domingo. O espanhol, atual número dois do mundo, alegou dores na mão esquerda para se ausentar da competição chinesa, disputada em quadra dura.

A contusão na mão já havia impedido Nadal de jogar sua segunda partida de simples na Laver Cup, no dia 21 de setembro. O problema físico também acabou cancelando mais uma partida de duplas ao lado do suíço Roger Federer pelo mesmo Time Europa na competição realizada em Genebra, na Suíça.

Na ocasião, Nadal alegou que estava com uma inflamação na mão esquerda. Desta vez, o tenista não revelou detalhes sobre sua condição física. Como ainda está inscrito para disputar o Masters de Paris, no fim do mês, na França, é provável que a lesão não seja grave.

Com a ausência em Xangai, Nadal vai ampliar o jejum de títulos na competição chinesa, uma das poucas em que ainda não levantou um troféu no circuito. Ele foi vice-campeão em 2009 e 2017. Antes da contusão, o espanhol vinha em grande fase, somando 11 triunfos consecutivos, com os títulos seguidos do Masters de Montreal e do US Open, seu 19º troféu de Grand Slam da carreira.

Diante da baixa de Nadal, o sérvio Novak Djokovic terá a oportunidade de aumentar a vantagem na liderança do ranking, depois de ver o rival se aproximar do número 1 com a vitória em Nova York. O espanhol não tem pontos a defender até o fim da temporada. E Djokovic é o atual campeão em Xangai.

O sérvio, contudo, terá rivais à altura na competição chinesa. E seu maior obstáculo em busca do bicampeonato deve ser o suíço Roger Federer.

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Tudo o que sabemos sobre:
tênisRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.