Com US$43,3 mi, Federer supera Sampras em prêmios financeiros

O número 2 do mundo, Roger Federer, superou Pete Sampras e se tornou o tenista que mais ganhou prêmios em dinheiro na história, disse a Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) na quinta-feira. O suíço, pentacampeão do Aberto dos EUA, alcançou a marca de 43,3 milhões de dólares no Masters Series de Madri, nesta semana. Sampras acumulou 43.280.489 dólares numa carreira que incluiu 14 títulos de Grand Slam -- um a mais do que Federer. "Obviamente é legal ter recordes. Eu não fui jogar tênis por causa do dinheiro, esse nunca foi meu estímulo, mas tive muito sucesso", afirmou ele depois de derrotar Jo-Wilfried Tsonga e passar às quartas-de-final. "Acho que este é o momento em que a gente tem de agradecer o grande pessoal da época do amadorismo, que trouxe o jogo para o que é hoje. Eles criaram a plataforma para nós, jogadores de hoje", acrescentou. Na sexta-feira, Federer enfrenta o argentino Juan Martin del Potro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.