Muhammad FAROOQ / AFP
Muhammad FAROOQ / AFP

Medvedev vence na simples e em duplas leva Rússia para a semifinal da ATP Cup

Número 2 do mundo bate Matteo Berrettini por 2 sets 1 e comanda vitória sobre a Itália ao lado de Roman Safiullin

Redação, Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2022 | 14h32

O tenista russo Daniil Medvedev mostrou nesta quinta-feira as razões de ser o número 2 do mundo, além de ser o atual campeão do US Open e um dos maiores favoritos do Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano que começará no próximo dia 17. Ele comandou a sua equipe contra a Itália e venceu os dois jogos que disputou, em simples e em duplas, para garantir a classificação às semifinais da ATP Cup, competição entre países disputada em Sydney, na Austrália.

No primeiro jogo do confronto, Jannik Sinner fez valer o favoritismo e derrotou Roman Safiullin em sets diretos, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/3. Em seguida, Medvedev entrou em quadra pressionado contra Matteo Berrettini, precisando da vitória para manter vivas as chances da Rússia. Com dificuldade, conseguiu triunfar e bateu o rival italiano em três sets, marcando o placar final de 6/2, 6/7 (5/7) e 6/4.

"Consegui ter o controle do jogo no primeiro set. Só que é complicado porque você acha que as coisas vão continuar do seu jeito, mas não é o caso quando você enfrenta um jogador Top 10. Tomei algumas decisões ruins no segundo, então tentei aprender com isso no terceiro. Servi bem durante toda a partida e isso me ajudou", disse Medvedev.

Os quatro que jogaram simples voltaram à quadra para a decisão do confronto na dupla. Berrettini e Sinner saíram na frente e venceram o primeiro set, mas Medvedev comandou a parceria com Safiullin rumo à virada, triunfando com as parciais de 5/7, 6/4 e 10 a 4 no match tie-break e garantindo a vaga do Grupo B nas semifinais.

A última vaga para a fase decisiva da ATP Cup ficou com o Canadá, que terminou na liderança do Grupo C após uma combinação de resultados favorável nesta quinta-feira. Depois da vitória da Grâ-Bretanha sobre os Estados Unidos no início da rodada, os canadenses entraram em quadra precisando vencer a já eliminada Alemanha para avançar.

Principais jogadores do país, Denis Shapovalov e Felix Auger-Aliassime venceram jogos duros e classificaram o time canadense para enfrentar a Rússia neste sábado. A outra semifinal será nesta sexta-feira entre Espanha e Polônia, que haviam garantido suas vagas na quarta.

A abertura do confronto foi entre os números 2 de cada país. Shapovalov superou Jan-Lennard Struff por 7/6 (7/5), 4/6 e 6/3. Logo na sequência, foi a vez de Aliassime encarar o número 3 do mundo Alexander Zverev, que também tinha vantagem no histórico de confrontos. Mas o jovem canadense de 21 anos e 11.º do ranking conseguiu uma difícil vitória por 6/4, 4/6 e 6/3.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.