Daniel Leal-Olivas/AFP
Daniel Leal-Olivas/AFP

Com volta ao Top 10 na mira, Soares viaja para iniciar temporada da ATP em Doha

Brasileiro deve seguir ao lado do croata Mate Pavic, com quem venceu o Masters 1000 de Xangai em 2019

Redação, Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2019 | 18h27

A quarta-feira marcará o início de um novo ano no calendário e também o começo de mais uma etapa para Bruno Soares. Será quando o duplista brasileiro embarcará para o Catar, com o intuito de abrir a sua participação na temporada 2020 do tênis. O mineiro vai viajar para Doha, onde disputará o torneio local, na primeira competição do seu calendário.

O Torneio de Doha, previsto para começar em 6 de janeiro, abrirá a temporada de Soares. Na sequência, o mineiro tem previstas as participações no Torneio de Auckland, no Aberto da Austrália, no Rio Open e no Torneio de Acapulco.

Um dos duplistas mais consistentes do circuito, Soares mudou de parceiro em 2019, passando a jogar ao lado do croata Mate Pavic. Agora ele quer aproveitar o início da temporada para recuperar terreno no ranking, voltando a figurar entre os dez melhores do mundo - é o 21º colocado na lista de duplistas da ATP.

"O ano de 2019 foi meio complicado, com troca de parceiro no meio da temporada. Mas a gente terminou muito bem o ano e o primeiro grande objetivo para 2020 é a consistência para voltar ao Top 10, para depois começar a pensar em algo maior, como ganhar um Grand Slam e o Finals", disse.

No fim da temporada, Soares e Pavic foram pela primeira vez campeões juntos, do Masters 1000 de Xangai, na sequência do vice do Torneio de Estocolmo. "Estou louco para voltar pro circuito, depois de dois meses sem torneios. Fiz uma boa pré-temporada, com uma parte em Miami e outra em Belo Horizonte e agora é hora de voltar para as competições. Estou muito motivado," disse o mineiro.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisBruno Soares

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.