Divulgação / ITF
Divulgação / ITF

Sem Brasil, Copa Davis anuncia Málaga como sede do mata-mata deste ano

Torneio será disputado entre os dias 21 e 27 de novembro; de acordo com a Federação Internacional de Tênis (ITF), fase de grupos acontecerá entre os dias 14 e 18 de setembro, em quatro cidades diferentes

Redação, Estadão Conteúdo

13 de abril de 2022 | 10h30

A Federação Internacional de Tênis (ITF, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira que a cidade espanhola de Málaga será a sede do mata-mata das Finais da Copa Davis neste ano e também na próxima temporada. Esta fase da competição entre nações vai reunir os oito melhores times do mundo em novembro, no Palacio de Deportes José María Martín Carpena. O Brasil não está nem na etapa de grupos.

Será a terceira vez consecutiva que uma cidade espanhola sediará a fase mais importante da Davis, que passou por profundas mudanças a partir de 2019. A competição começou a concentrar sua fase final em apenas uma cidade. Nas duas primeiras edições neste formato, em 2019 e em 2020-2021 (esta edição precisou ser finalizada no ano passado por causa da pandemia), a sede foi Madri.

O Grupo Kosmos, que assumiu a organização da Davis e promoveu a alteração no formato, tem sede em Barcelona e tem como maior referência o espanhol Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona. O jogador de futebol é um dos fundadores do grupo e acumula as funções de CEO e presidente. De acordo com a ITF e o Kosmos, a fase de grupos será disputada entre os dias 14 e 18 de setembro em quatro cidades diferentes: Bologna (Itália), Glasgow (Escócia), Hamburgo (Alemanha) e uma sede ainda não definida.

As fases de quartas de final, semifinais e a grande final serão realizadas em Málaga, entre 21 e 27 de novembro, em quadras duras e cobertas. Inicialmente, a cidade espanhola receberia apenas jogos da fase de grupos, mas acabou sendo "promovida". Para o seu lugar, os organizadores esperam anunciar uma cidade substituta nas próximas semanas.

No início do ano, havia especulações sobre a possibilidade de Abu Dhabi sediar o mata-mata da fase final da Davis. Mas houve resistência por parte de jogadores e equipes, que alegaram cansaço físico ao fim da temporada para viajar até os Emirados Árabes Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.