Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Copa Davis ganha mais quatro dias de competições e poderá ter outras duas sedes

A ITF revelou que o tradicional torneio masculino será disputado entre 25 de novembro e 5 de dezembro, com 18 países participantes

Redação, Estadão Conteúdo

18 de janeiro de 2021 | 11h00

A Federação Internacional de Tênis (ITF, sigla em inglês) anunciou, nesta segunda-feira, possíveis mudanças a serem feitas na disputa da Copa Davis. A competição, prevista para ser realizada em sete dias, em Madri, terá 11 e poderá ganhar mais duas sedes.

A ITF revelou que o tradicional torneio masculino será disputado entre 25 de novembro e 5 de dezembro, com 18 países participantes, em seis grupos de três. De acordo com a nova configuração proposta de três locais, as duas novas cidades hospedariam cada uma duas fases de grupos e um confronto das quartas de final. Madri, onde o atual formato de final de temporada estreou em 2019, teria duas fases de grupos, duas quartas de final, as semifinais e a final.

A Federação Internacional informou que será aberto um processo de licitação para escolher as cidades que poderiam se juntar à capital espanhola em 2021. A decisão sobre quais cidades adicionais poderão ser aceitas é esperada para março, dependendo de como vai se desenvolver a pandemia do novo coronavírus.

As finais da Copa Davis 2020 em Madri foram canceladas por causa do surto de covid-19. O número de nações chegando às finais será reduzido para 16 em 2022.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.