Sebastião Moreira/EFE
Sebastião Moreira/EFE

Coric confirma vitória sobre Feijão e empata duelo na Copa Davis

Croata leva pouco tempo para vencer jogo reiniciado neste sábado

Estadão Conteúdo

19 de setembro de 2015 | 10h37

João Souza, o "Feijão", ficou somente seis minutos em quadra neste sábado. Depois de ver seu confronto contra o croata Borna Coric ser interrompido na sexta, pelo mau tempo, acabou rapidamente batido pelo adversário nesta manhã, no Costão do Santinho, em Florianópolis. Coric precisou vencer apenas mais dois games para fechar a partida por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (7/5) e 6/1.

A falta de luz natural, fruto de uma intensa neblina, seguida de uma forte chuva, interrompeu o confronto na última sexta quando Coric vencia por 4 a 1 no terceiro set. Neste sábado, bastou ao jovem de 18 anos quebrar o saque de Feijão e confirmar o seu para deixar o confronto entre Brasil e Croácia, pela repescagem do Grupo Mundial da Copa Davis, empatado em 1 a 1.

Agora, o Brasil joga suas esperanças em Marcelo Melo e Bruno Soares, que enfrentarão ainda neste sábado Ivan Dodig e Franko Skugor. Uma vitória na partida de duplas é fundamental para que o País não dependa de um triunfo de Thomaz Bellucci (30º do ranking) sobre Coric (33º). Na outra partida de simples, Feijão (104º) pega Mate Delic (499º).

Apesar do resultado ter sido confirmado neste sábado, a derrota de Feijão foi encaminhada na sexta. No set inicial, o duelo se manteve equilibrado até o nono game, quando Coric faturou a primeira quebra da partida. Feijão chegou a salvar um set point. Contudo, o croata fechou a partida logo em seguida.

No segundo set, Feijão cresceu em quadra e passou a exibir grande tênis. Teve duas chances de quebra no quarto game, mas desperdiçou todas. Coric, mais eficiente, não hesitou ao ter sua oportunidade no game seguinte. A vantagem não durou muito porque o brasileiro devolveu a quebra em seguida.

Mais consistente no fundo de quadra, Feijão se defendia cada vez melhor, sustentando seus games de saque. Coric parecia mais cansado. Chegou a receber atendimento médico em quadra antes do tie-break, marcado pelo equilíbrio até que o croata acertou lindo forehand na linha e fechou o set.

Depois de resistir bem na segunda parcial, Feijão caiu de rendimento no terceiro set. Aparentando cansaço, sofreu a quebra no segundo game e deixou Coric mais à vontade em quadra. O croata, 33º do ranking, estava mais confiante em quadra, a dois games da vitória, quando o jogo precisou ser interrompido.

A partida foi reiniciada neste sábado com Feijão sacando em 40/30, com 4 a 1 no placar. Mas o brasileiro não entrou ligado e permitiu que Coric virasse o game e conseguisse a quebra. A tarefa, então, tornou-se praticamente impossível e o croata aproveitou, confirmou seu serviço e selou o triunfo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.