Coric salva 4 match points, bate Kohlschreiber em Marrakesh e fatura sua 1ª taça

Tenista crota de 20 anos é 79º colocado no ranking da ATP

Estadao Conteudo

16 de abril de 2017 | 16h46

De forma heroica, o croata Borna Coric faturou neste domingo o seu primeiro título no circuito da ATP ao vencer o alemão Philipp Kohlschreiber por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 5/7, 7/6 (7/3) e 7/5, na final do Torneio de Marrakesh.

Para ficar com a taça, Coric salvou nada menos do que quatro match points, sendo que no ano passado ele havia amargado o vice-campeonato deste mesmo ATP 250 realizado em quadras de saibro no Marrocos.

Com 20 anos de idade e hoje na 79ª posição do ranking da ATP, Coric acabou desbancando o favoritismo do veterano Kohlschreiber, de 33 anos, que ocupa a 32ª colocação da ATP e defendia a condição de terceiro cabeça de chave em Marrakesh.

Todos os match points foram salvos por Coric no segundo set e a promessa croata ainda salvou um total de seis de nove break points. Ou seja, ele ainda teve o seu saque quebrado por três oportunidades na partida, mas compensou o fato ao aproveitar três de oito oportunidades de ganhar games no serviço do adversário.

Para Kohlschreiber, a derrota foi frustrante também pelo fato de que ele fazia a sua primeira final nesta temporada e vinha de duas vitórias nos únicos dois jogos anteriores que travou com Coric, ambos no ano passado, quando levou a melhor sobre o croata no Torneio de Dubai e no Masters 1000 de Montecarlo.

MONTECARLO

E a chave principal da edição de 2017 do importante torneio realizado em quadras de saibro no principado monegasco teve o seu primeiro de disputas neste domingo. E o único cabeça de chave que foi para a quadra neste dia confirmou o seu favoritismo sem problemas. O belga David Goffin, décimo pré-classificado, arrasou o seu compatriota Steve Darcis por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/1.

Assim, Goffin, atual 14º do ranking mundial, avançou para enfrentar na segunda rodada do Masters 1000 de Montecarlo o vencedor da partida entre o espanhol Nicolás Almagro e o eslovaco Martin Klizan, programado para esta segunda-feira.

Outros dois tenistas que estrearam com vitória em dois dos três duelos realizados neste domingo pela chave de simples foram o francês Gilles Simon e o português João Sousa. O primeiro deles derrotou o tunisiano Malek Jaziri por duplo 6/2 e se credenciou para enfrentar na próxima fase o sérvio Novak Djokovic, bicampeão em Montecarlo e cabeça de chave número 2, que estreia direto na segunda rodada.

Já Sousa derrotou o alemão Florian Mayer com parciais de 6/3 e 6/2 e avançou para encarar na segunda rodada o ganhador do duelo entre o uruguaio Pablo Cuevas e o sérvio Viktor Troicki, também programado para acontecer nesta segunda-feira.

DUPLAS

Na outra partida disputada por uma chave principal em Montecarlo neste domingo, o suíço Stan Wawrinka e o italiano Fabio Fognini estrearam com vitória no torneio de duplas. Eles derrotaram o canadense Daniel Nestor e o bielo-russo Nax Mirnyi por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/2), e avançaram para enfrentar na próxima fase os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, cabeças de chave número 2, que abrirão campanha direto na segunda rodada.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Tênistênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.