MICHAEL ERREY / AFP
MICHAEL ERREY / AFP

Daniil Medvedev e Swiatek vão às quartas do Aberto da Austrália; Halep é eliminada

Russo perde set, mas confirma favoritismo e bate o americano Maxime Cressy por 3 sets a 1

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de janeiro de 2022 | 10h02

Forte candidato ao título do Aberto da Austrália, o tenista russo Daniil Medvedev perdeu set na madrugada desta segunda-feira, mas não deixou de confirmar o favoritismo sobre o americano Maxime Cressy, pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 6/2, 7/6 (7/4), 6/7 (4/7) e 7/5, em 3h30min. 

Cressy, um dos jovens em ascensão no circuito, também sofreu com o saque. Esbanjando agressividade no fundamento, surpreendeu com seus 18 aces e o mesmo exato número de duplas faltas. O americano teve apenas um break point na partida, sem sucesso, enquanto o russo faturou três quebras de saque em 12 oportunidades, sacramentando a vitória.

Nas oitavas de final, o número dois do mundo vai enfrentar outro tenista da nova geração. Trata-se do canadense Felix Auger-Aliassime, nono cabeça de chave, que despachou o veterano croata Marin Cilic (27º) em outra batalha de quatro sets: 2/6, 7/6 (9/7), 6/2 e 7/6 (7/4). 

   

Neste confronto de gerações, o tenista de 21 anos soube lidar com a desvantagem inicial para buscar a virada sobre o rival de 33 anos. Será a primeira vez que o canadense disputará as quartas de final do Aberto da Austrália. E será seu quarto confronto com Medvedev. Nos três anteriores, o russo levou a melhor, incluindo duelo pela ATP Cup, no início do mês. 

Em duelo totalmente da nova geração, o italiano Jannik Sinner (11º cabeça de chave) despachou o local Alex de Minaur (32º) por 7/6 (7/3), 6/3 e 6/4. Seu próximo adversário será o grego Stefanos Tsitsipas, que superou o americano Taylor Fritz por 4/6, 6/4, 4/6, 6/3 e 6/4, em 3h23min.

O número quatro do mundo tentará alcançar a semifinal na Austrália pela terceira vez na carreira. Ele é o atual vice-campeão de Roland Garros e ainda busca seu primeiro título de Grand Slam. 

Os outros jogos das quartas de final terão Gael Monfils x Matteo Berrettini e Rafael Nadal x Denis Shapovalov. 

Feminino

Algoz da brasileira Beatriz Haddad Maia na segunda rodada, a romena Simona Halep não conseguiu sustentar nas oitavas de final o grande ritmo que vinha exibindo em Melbourne. E acabou caindo diante da veterana francesa Alize Cornet, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 6/4.

A ex-número 1 do mundo foi superior à rival em quase todos os fundamentos, mas falhou nos momentos mais decisivos do duelo, encerrado em 2h33min. O resultado marcou um feito para a francesa de 32 anos, que alcançou as quartas de final de um Grand Slam pela primeira vez em sua carreira em sua 63ª participação num torneio deste nível - 17ª somente em Melbourne. 

Na semana passada, ela havia indicado que esta poderia ser sua última temporada no circuito. Antes disso, ela vai tentar a vaga na semifinal. Cornet terá pela frente a americana Danielle Collins (27ª), que derrotou a belga Elise Mertens (19ª) por 4/6, 6/4 e 6/4 e tentará jogar a semifinal na Austrália pela segunda vez - a primeira foi em 2019.

Quem também se destacou na rodada desta segunda foi a polonesa Iga Swiatek. Campeã em Roland Garros em 2020, a sétima cabeça de chave superou a romena Sorana Cirstea por 5/7, 6/3 e 6/3. A tenista da Polônia vai disputar as quartas em Melbourne pela primeira vez. 

Nas quartas, Swiatek vai enfrentar a estoniana Kaia Kanepi, que surpreendeu ao despachar a belarussa Aryna Sabalenka, segunda cabeça de chave do torneio. Após desperdiçar quatro match points no terceiro set, Kanepi fechou no tie-break, selando o triunfo por 2 a 1, com parciais de 5/7, 6/2 e 7/6 (9/7).

As outras partidas das quartas terão Ashleigh Barty x Jessica Pegula e Barbora Krejcikova x Madison Keys.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.