Kai Försterling/EFE
Kai Försterling/EFE

David Ferrer arrasa Thomaz Bellucci e vai à semifinal em Valência

Experiente, espanhol venceu o duelo com o brasileiro por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, e enfrentará o britânico Andy Murray

Estadão Conteúdo

24 de outubro de 2014 | 14h17

Após emplacar boa sequência nesta semana, Thomaz Bellucci se despediu do ATP 500 de Valência nesta sexta-feira ao ser arrasado pelo local David Ferrer. O experiente tenista, principal favorito ao título, venceu o duelo por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2, em apenas 1h07min de partida.

Exibindo rara boa forma neste fim de temporada, Bellucci teve poucas chances contra o rival espanhol. Ferrer dominou a partida desde os primeiros pontos e não teve problemas para abrir 3/0 no placar. O brasileiro teve duas chances de devolver a quebra, mas acabou sofrendo outra e terminou o set com apenas um game no marcador.

A segunda parcial não foi muito diferente. Ferrer abriu vantagem logo nos primeiros games e quase não enfrentou resistência do número 1 do Brasil. Desta vez, Bellucci conseguiu vencer dois games, insuficiente para ameaçar o domínio do ex-número três do mundo, que faturou sua 600ª vitória no circuito profissional.

Apesar da derrota, Bellucci tem motivos para comemorar. Depois de um início de ano irregular, ele cresceu em quadra neste segundo semestre e cravou a segunda quartas de final seguida no circuito, após ir bem também em Viena.

Ele não alcançar às quartas de um torneio de nível ATP 500 desde o Rio Open, disputado em fevereiro. Em solo brasileiro, Bellucci também fora derrotado por Ferrer na primeira edição do torneio carioca.

Para Ferrer, a vitória significou novas esperanças de obter pontos suficientes para entrar no ATP Finals, que reúne os oito melhores da temporada, no fim de novembro. Para tanto, terá um duelo decisivo na semifinal contra o escocês Andy Murray, também na briga pela classificação. Murray avançou em Valência nesta sexta ao derrotar de virada o sul-africano Kevin Anderson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.