Davis: Para Uruguai, Brasil é favorito

José Luis Damiani, capitão da equipe de tênis do Uruguai para a Copa Davis, disse que a pressão pela vitória do match no próximo fim de semana, em Montevidéu, pela final do Grupo II da Zona Americana ? a ?Terceira Divisão da Davis? ?, será toda em cima do Brasil ? os tenistas brasileiros iriam começar a treinar neste domingo na capital uruguaia, sob o comando do capitão Fernando Meligeni, que já destacou: os adversários têm menos qualidade técnica, mas têm garra, gostam da Davis.?Pela experiência e pela classificação internacional, o Brasil é favorito no confronto, mas nossa equipe está em ascensão e chegará à partida com grande motivação, justamente por enfrentar tenistas teoricamente superiores", destacou Damiani.Os jogos, de sexta-feira a domingo, serão no Carrasco Lawn Tennis de Montevidéu, em quadra de saibro, valendo vaga no Grupo I da Zona Americana. Jogarão Gustavo Kuerten, Ricardo Mello, Flávio Saretta e André Sá, pelo Brasil; Marcel Felder, Pablo Cuevas, Martín Vilarrubí e Federico Sansonetti, pelo Uruguai.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.