Davydenko vence Federer e enfrenta Nadal em final no Catar

O tenista russo Nikolay Davydenko demonstrou que sua vitória sobre o suíço Roger Federer no ano passado não foi casualidade ao derrotar novamente nesta sexta-feira o número um do mundo por 6-4 e 6-4 e chegar à final do Aberto do Catar.

REUTERS

08 de janeiro de 2010 | 18h24

Davydenko, terceiro pré-classificado e que venceu o suíço pela primeira vez na Copa do Mundo de Londres em novembro, repetiu a façanha ao avançar à final do sábado, quando enfrentará o número dois do mundo, o espanhol Rafael Nadal.

"Eu o venci uma vez, então, pensei: por que não outra vez? Me concentrei mais no fundo da quadra e no saque", disse em entrevista coletiva Davydenko, que já perdeu 12 vezes para Federer.

Nadal derrotou o sérvio Viktor Troicki, quinto cabeça-de-chave, por 6-1 e 6-3.

"É muito importante chegar à final. Isso demonstra que minha preparação para defender o título da Austrália está no caminho certo", disse Nadal.

Davydenko, por sua vez, disse que tratará de manter a concentração na final.

"Tanto Rafa como eu somos basicamente jogadores de fundo de quadra. Ele vai jogar muito mais forte e mais difícil, assim terei que me concentrar mais em meu jogo".

Tudo o que sabemos sobre:
TENISCATARFEDERER*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.