William WEST / AFP
William WEST / AFP

De virada, Bia Haddad vence 6ª seguida e passa às oitavas em duplas no Aberto da Austrália

Após queda na disputa simples, brasileira mantém boas atuações ao lado da cazaque Anna Danilina e dupla elimina checas Tereza Martincova e Marketa Vondrousova por 2 a 1

Redação, Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2022 | 10h05

Se na chave principal de simples a brasileira Beatriz Haddad Maia não conseguiu passar da segunda rodada, superada em sets diretos pela romena Simona Halep, nas duplas ela e a cazaque Anna Danilina continuam fazendo bonito e já estão nas oitavas de final do Aberto da Austrália. A vitória mais recente veio nesta sexta-feira, em uma virada sobre as checas Tereza Martincova e Marketa Vondrousova por 2 a 1 — com parciais de 4/6, 6/3 e 6/2.

Campeãs na semana passada no WTA 500 de Sydney, Bia Haddad e Danilina já somam seis vitórias seguidas e tentarão a sétima para buscar a vaga nas quartas de final do primeiro Grand Slam da temporada, em Melbourne. Elas podem ter pela frente outra parceria checa, caso as cabeças de chave Marie Bouzkova e Lucie Hradecka confirmem o favoritismo sobre a espanhola Aliona Bolsova e a norueguesa Ulrikke Eikeri.

A brasileira e a cazaque começaram o jogo sendo quebradas e devolveram o break logo em seguida, mas seguiram com dificuldades para confirmar os serviços. Elas salvaram dois break points no quinto game e encararam mais um no sétimo, quando acabaram perdendo o saque. As rivais então administraram a vantagem até o final e abriram 1 a 0.

No entanto, Bia Haddad e Danilina melhoraram nas parciais seguintes, conseguiram duas quebras e só levaram uma para vencer a segunda e assim empatar o jogo. No terceiro e decisivo set largaram com tudo, abrindo 4/0 com dois breaks de frente. As rivais checas ainda devolveram uma das quebras, mas perderam o saque outra e vez e logo em seguida também a partida.

Já no masculino, depois de conseguir superar a estreia na chave de duplas, o brasileiro Thiago Monteiro e o parceiro alemão Daniel Altmaier acabaram eliminados na sequência. Nesta sexta-feira eles não foram páreos para os cabeças de chave número 10, o holandês Wesley Koolhof e o britânico Neal Skupski, caindo com parciais de 6/1 e 6/4.

Classificados às oitavas de final, Koolhof e Skupski ainda não sabem quem terão pela frente na próxima rodada. Eles esperam pelos vencedores da partida que de um lado terá o cazaque Aleksandr Nedovyesov e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi e do outro a dupla do americano Marcos Giron com o sul-coreano Soonwoo Kwon.

Também nesta sexta-feira, Bruno Soares conquistou a sua segunda vitória seguida no torneio. Ao lado do britânico Jamie Murray, o brasileiro teve trabalho para superar o britânico Lloyd Glasspool e o finlandês Harri Heliovaara, de virada, por 2 sets a 1 - parciais de 6/7 (4/7), 7/6 (7/2) e 6/1.

O triunfo garantiu vaga a Soares e Murray nas oitavas de final, fase na qual terão pela frente o vencedor do duelo entre a parceria do brasileiro Marcelo Melo com o croata Ivan Dodig e a dupla dos italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.