Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Del Potro fratura o joelho e só deve voltar ao tênis no ano que vem

Argentino teve lesão séria em jogo contra Borna Coric, pelo Masters 1000 de Xangai

Estadão Conteúdo

14 Outubro 2018 | 16h46

O argentino Juan Martín del Potro terá novamente que lidar com a recuperação de um grave problema físico nos próximos meses. Neste domingo, o quarto colocado do ranking da ATP teve diagnosticada uma fratura em seu joelho direito e só deverá voltar ao tênis na próxima temporada.

"É um momento muito difícil. Sinto-me muito triste. É um golpe duro que me deixa sem forças. É muito difícil para mim pensar em recuperação novamente. Eu não esperava que isso pudesse acontecer", declarou o tenista, já com uma proteção na perna lesionada.

A lesão de Del Potro aconteceu no confronto diante de Borna Coric na última quinta-feira, pelo Masters 1000 de Xangai. Na reta final do primeiro set daquela partida, o argentino perdeu o equilíbrio ao tentar uma arrancada e bateu o joelho fortemente no chão. Submetido a exames, ele teve uma fratura diagnosticada na patela.

Por mais que não tenha estipulado um prazo para a volta, a tendência é que Del Potro só retorne às quadras no ano que vem. Se isso se confirmar, o argentino será desfalque no ATP Finals, que será disputado de 11 a 18 de novembro em Londres.

De toda forma, trata-se de mais um obstáculo na carreira do tenista, marcada pelas lesões. A mais grave delas aconteceu em 2014, no punho esquerdo. Ela o obrigou a ser submetido a três cirurgias no local e o afastou das quadras por boa parte das temporadas de 2014, 2015 e 2016.

 

 

Mais conteúdo sobre:
tênisJuan Martín del Potro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.