Andy Wong / AP
Andy Wong / AP

Del Potro lesiona joelho em tombo e desiste de jogo contra Coric em Xangai

Na semana passada, tenista argentino já havia sido derrotado na final do Torneio de Pequim

Estadão Conteúdo

11 Outubro 2018 | 12h58

No último jogo disputado nesta quinta-feira no Masters 1000 de Xangai, o argentino Juan Martín del Potro se despediu de maneira amarga da competição. O atual quarto tenista do ranking mundial sofreu uma queda na quadra no 10º game do primeiro set, lesionou o joelho direito e depois se viu obrigado a abandonar o confronto logo após perder esta parcial do confronto com o croata Borna Coric por 7/5.

Terceiro cabeça de chave da importante competição realizada na China, Del Potro solicitou atendimento médico após o tombo que levou e retornou para a partida, mas concluiu em seguida que não reunia mais condições de seguir atuando.

Assim, o atual 19º colocado da ATP avançou às quartas de final e se credenciou para enfrentar nesta sexta-feira o australiano Matthew Ebden, 51º do ranking, que horas mais cedo derrotou o alemão Peter Peter Gojowczyk por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3.

Essa desistência por lesão em Xangai é a segunda decepção seguida amargada pelo argentino nesta gira asiática do calendário. Na semana passada, ele foi surpreendido pelo georgiano Nikoloz Basilashvili na final do Torneio de Pequim, ATP 500 realizado na China, ao ser derrotado por duplo 6/4.

SOARES COMEMORA

Outro tenista sul-americano envolvido em uma das disputas do Masters 1000 de Xangai, o brasileiro Bruno Soares comemorou o avanço às semifinais do torneio de duplas nesta quinta-feira e, principalmente, o fato de que o triunfo assegurou ele e o britânico Jamie Murray como a mais nova parceria classificada ao ATP Finals, torneio que reunirá os melhores jogadores da temporada, em Londres, entre os dias 11 e 18 de novembro.

"Estamos extremamente felizes de poder voltar para este grande evento e de estar mais uma vez jogando lá em Londres. É sempre um grande objetivo do ano e estou feliz de ter cumprido mais uma vez", afirmou Soares, por meio de declarações distribuídas pela sua assessoria, logo após a vitória sobre o sueco Robert Lindstedt e o austríaco Dominic Thiem por 6/3 e 6/4.

Agora, na luta por vaga na decisão na China, o brasileiro e o britânico terão pela frente nas semifinais os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah. "Mais uma boa vitória, estamos jogando bem aqui em Xangai. Lugar em que a gente gosta de jogar e onde jogamos bem no ano passado. E mais uma semifinal de Masters 1000. Encontro os colombianos amanhã, que vêm numa fase boa, jogando super bem esse ano. Mas é isso aí, sendo Masters 1000 é sempre pedreira. Temos que impor nosso jogo para mais uma batalha", reforçou Soares.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.