Aangelika Warmuth|EFE
Aangelika Warmuth|EFE

Del Potro perde para Kohlschreiber e cai nas quartas em Munique

Argentino ainda busca melhor forma e não resiste ao alemão

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2016 | 15h47

O argentino Martín del Potro perdeu para o alemão Philipp Kohlschreiber nesta sexta-feira e caiu nas quartas de final do Torneio de Munique. Ainda em busca da melhor forma física após se recuperar de uma série de lesões, o número 337 do mundo caiu para o cabeça de chave número 4 por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, em somente 1h20min de partida.

Apesar da eliminação precoce e da vitória tranquila de Kohlschreiber, Del Potro deixa Munique com um balanço positivo. Ele venceu suas primeiras partidas no saibro após três anos, justamente por conta da longa recuperação de uma grave contusão no punho, que o tirou de quadra por diversas vezes nos últimos tempos.

O início de torneio animador, no entanto, terminou nesta sexta. O campeão do US Open de 2009 não se encontrou em quadra e foi presa fácil para Kohlschreiber, principalmente no segundo set, quando o alemão controlou a partida e confirmou três quebras para fechar com tranquilidade.

Nas semifinais, Kohlschreiber terá pela frente outro cabeça de chave. Ele encarará o quinto favorito do torneio, o italiano Fabio Fognini, que despachou o eslovaco Jozef Kovalik por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 7/5.

A sexta-feira também marcou a queda do principal favorito em Munique. O belga David Goffin, número 13 do ranking, foi surpreendido pelo oitavo cabeça de chave, o alemão Alexander Zverev, que levou a melhor por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/3.

Na semifinal, Zverev enfrentará outro dos favoritos ao título. Seu adversário será o austríaco Dominic Thiem, cabeça de chave número 3 do torneio, que eliminou nesta sexta o croata Ivan Dodig também em três sets, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/3.

Tudo o que sabemos sobre:
Tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.