Del Potro vence batalha e ganha na estreia do US Open

O argentino Juan Martin del Potro enfrentou inúmeras dificuldades, nesta quarta-feira, em sua estreia no US Open, o quarto e último Grand Slam da temporada, em Nova York, em que já teve o gosto de comemorar um título - em 2009, contra o suíço Roger Federer. Contra o espanhol Guillermo García-López, teve de encarar uma longa paralisação por causa da chuva e uma verdadeira batalha de 4 sets - parciais de 6/3, 6/7 (5/7), 6/4 e 7/6 (9/7) - para avançar na competição.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2013 | 23h01

Na segunda rodada, Del Potro pode esperar mais dificuldades. O seu adversário será o experiente australiano Lleyton Hewitt, ex-número 1 do mundo, que nesta quarta passou pelo norte-americano Brian Baker por 3 sets a 1 - com parciais de 6/3, 4/6, 6/3 e 6/4.

Outros três cabeças de chave também tiveram de esperar a volta de seus jogos depois da chuva para avançarem em Nova York. O sul-africano Kevin Anderson, cabeça 17, bateu o alemão Daniel Brands por 3 sets a 1 - com parciais de 7/5, 4/6, 6/2 e 6/3 - e agora enfrenta o cipriota Marcos Baghdatis, que antes da paralisação conseguiu derrotar o japonês Go Soeda (6/4, 6/3 e 6/1).

Também em 4 sets, o italiano Andreas Seppi (cabeça 20) bateu o belga Xavier Malisse com as parciais de 6/3, 3/6, 7/5 e 7/5. Seu próximo rival será o indiano Somdev Devvarman, que ganhou do eslovaco Lukas Lacko por 3 a 2 - com parciais de 4/6, 6/1, 6/2, 4/6 e 6/4.

Já o russo Mikhail Youzhny eliminou o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 0 - parciais de 6/4, 6/4 e 7/6 (7/4) - e terá pela frente o ucraniano Alexandr Dolgopolov, que bateu o belga David Goffin (6/2, 6/4 e 6/4).

Tudo o que sabemos sobre:
tênisUS OpenJuan Martin Del Potro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.