Dementieva e Sharapova vencem e vão à final em Toronto

O Torneio de Toronto terá uma final russa. Neste sábado, Elena Dementieva e Maria Sharapova passaram por suas adversárias nas semifinais e avançaram à decisão, a ser disputada neste domingo. Dementieva foi a que teve o confronto mais complicado, diante da norte-americana Serena Williams, número 2 do mundo e segunda cabeça de chave no Canadá. Mesmo assim, ela fez um bom jogo e venceu com tranquilidade, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/1.

AE, Agencia Estado

23 de agosto de 2009 | 00h06

Número 5 do mundo e quarta favorita em Toronto, Dementieva precisou de 1h41 para derrotar Serena. Se no primeiro set o jogo foi equilibrado e com muitos erros para ambos os lados, na segunda parcial a norte-americana foi inteiramente dominada pela russa, que buscava dar o troca em Serena pela derrota nas semifinais de Wimbledon. Dementieva conseguiu duas quebras estratégicas no set e manteve o ritmo para garantir a vaga na final.

Na decisão, ela terá a vantagem de chegar mais descansada, já que Sharapova não esperava pela reação de sua compatriota Alisa Kleybanova nas semifinais. Diante da número 36 do mundo, a musa russa começou o jogo vencendo com facilidade o primeiro set e parecia rumo à classificação sem grandes sustos. No entanto, Kleybanova reagiu e fez Sharapova se superar para vencer por 2 sets 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/4, em 2h37 de partida.

A final em Toronto colocará frente a frente duas tenistas em busca da afirmação na temporada. Dementieva começou bem o ano e ganhou dois títulos, em Auckland e Sydney, mas depois caiu de produção e agora busca a terceira conquista. Sharapova, por sua vez, fez o seu retorno às quadras em maio, após quase dez meses afastada por causa de uma lesão no ombro. Atualmente na 49.ª no ranking da WTA, ela também quer vencer para interromper o jejum de títulos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.