CBT/ Divulgação
CBT/ Divulgação

Demoliner e holandês vencem e decidem título de duplas em torneio na China

Dupla do tenista brasileiro disputará final do ATP 250 de Zhuhai contra os belgas Joran Vliegen e Sander Gille

Redação, Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2019 | 18h19

O Brasil está na final do ATP 250 de Zhuhai, disputado em quadras rápidas na China. Neste sábado, o gaúcho Marcelo Demoliner, atual número 54 do mundo no ranking individual de duplas, e o holandês Matwee Middlekoop alcançaram a decisão da chave de duplas ao derrotarem a parceria formada pelo português Gonçalo Oliveira e o bielo-russo Andrei Vasilievski por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/3.

Neste domingo, Marcelo Demoliner e Matwee Middlekoop farão a decisão contra a dupla formada pelos belgas Joran Vliegen e Sander Gille, que na outra semifinal ganharam do alemão Dominik Koepfer e do sul-coreano Soonwoo Kwon por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3.

Marcelo Demoliner jogará a sua 10.ª final na carreira profissional e buscará o seu segundo título. Neste ano ele foi vice-campeão do ATP 250 de Munique, disputado em quadras de saibro na Alemanha, ao lado do indiano Divij Sharan.

"Jogamos muito bem, eu e o meu parceiro conseguimos jogar um nível alto desde o começo do jogo. Amanhã (domingo) vamos com tudo. Os belgas têm tido bons resultado nos últimos meses e estão bem entrosado", disse o tenista gaúcho.

Na chave de simples, a final será entre o australiano Alex de Minaur e o francês Adrian Mannarino. O primeiro avançou ao derrotar o espanhol Roberto Bautista Agut por duplo 6/2 e o segundo passou ao ganhar do também espanhol Albert Ramos-Viñolas por 2 sets a 1 - com parciais de 6/0, 4/6 e 6/1.

EM CHENGDU

Com apenas 20 anos, o canadense Denis Shapovalov é uma das promessas da nova geração de tenistas da ATP, mas ainda corre atrás de fazer a sua estreia em uma final. Neste sábado, ficou no quase pela sétima vez na carreira ao cair nas semifinais do ATP 250 de Chengdu, na China. Desta vez perder para o espanhol Pablo Carreño Busta por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Quem enfrenta o tenista da Espanha na decisão deste domingo é o casaque Alexander Bublik, de 22 anos, que venceu o "lucky-loser" sul-africano Lloyd Harris também por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.