Eric Vidal/Reuters
Eric Vidal/Reuters

Demoliner e Melo ganham suas partidas e vão às quartas das duplas em Viena

Na chave de simples, Tsonga sua, mas supera o russo Karen Khachanov

Estadão Conteúdo

25 Outubro 2017 | 17h02

Os brasileiros fizeram bonito na chave de duplas do Torneio de Viena nesta quarta-feira. Marcelo Demoliner, ao lado do norte-americano Sam Querrey, e Marcelo Melo, jogando com o polonês Lukasz Kubot, venceram suas partidas na estreia e avançaram às quartas de final da competição na Áustria.

+ Wozniacki arrasa líder do ranking e se garante nas semifinais do Masters da WTA

Cabeças de chave número 1, Melo e Kubot passaram pelo norte-americano John Isner e o canadense Daniel Nestor por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 6/4. O brasileiro e o polonês estiveram em dia bastante irregular, chegaram a ter o saque quebrado em duas oportunidades, mas fizeram valer a superioridade nas retas finais dos sets.

Agora, Melo e Kubot vão encarar nas quartas de final o uruguaio Pablo Cuevas e o indiano Rohan Bopanna. Eles estrearam com vitória sobre o bielo-russo Max Mirnyi e o alemão Philipp Kohlschreiber com tranquilidade, por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/1.

Já Demoliner e Querrey tiveram mais dificuldade, mas eliminaram na estreia os espanhóis Feliciano López e Marc López, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 4/6, 7/6 (7/5) e 10/7. Curiosamente, o brasileiro e o norte-americano surpreenderam a dupla número 11 do mundo mesmo sem conseguir nenhuma quebra de serviço na partida.

Agora, Demoliner e Querrey terão tarefa ainda mais complicada nas quartas de final. Eles vão encarar os cabeças de chave número 2 do torneio, os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, que passaram na estreia pelos austríacos Philipp Oswald e Alexander Peya por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 2/6 e 10/6.

SIMPLES

Ainda nesta quarta-feira, mas pela chave de simples, o francês Jo-Wilfried Tsonga suou bastante, mas passou pelo russo Karen Khachanov. Oitavo favorito da competição, ele derrotou o adversário, apenas número 42 do mundo, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (2/7), 6/4 e 6/3.

Na próxima rodada, Tsonga vai encarar o bósnio Damir Dzumhur, número 31 do ranking, que eliminou na estreia o lituano Ricardas Berankis por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Nas outras partidas já encerradas do dia em Viena, pela chave de simples, o argentino Diego Schwartzman derrotou o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 2/6 e 6/2, e o alemão Philipp Kohlschreiber passou em dois sets pelo francês Pierre-Hugues Herbert: 7/6 (7/4) e 6/3.

Mais conteúdo sobre:
Marcelo DemolinerMarcelo Melo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.