Reprodução/Instagram/mdemoliner
Reprodução/Instagram/mdemoliner

Demoliner perde e cai nas quartas de chave de duplas em São Petersburgo

Junto ao australiano Marcus Daniell, brasileiro cai para Leander Paes e Purav Raja por 2 sets a 0

Estadão Conteúdo

21 de setembro de 2017 | 17h46

O brasileiro Marcelo Demoliner caiu nesta quinta-feira no Torneio de São Petersburgo. Ao lado do australiano Marcus Daniell, ele foi surpreendido na chave de duplas e eliminado nas quartas de final ao perder para os indianos Leander Paes e Purav Raja por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2.

Demoliner e Daniell entraram em quadra com o favoritismo, afinal, eram cabeças de chave número 4 da competição. Mas foram presas fáceis para os indianos, que precisaram de apenas uma hora para confirmar três quebras de serviço e fechar a partida com tranquilidade.

Com a classificação, Paes e Raja estão a dois passos do título. E nas semifinais, eles terão pela frente a dupla cabeça de chave número 1 do torneio, formada pelo chileno Julio Peralta e o argentino Horácio Zeballos, que passou pelo cipriota Marcus Baghdatis e o sérvio Viktor Troicki em dois sets, com parciais de 6/3 e 6/0.

Na chave de simples, destaque para o cabeça de chave número 2 do torneio, o francês Jo-Wilfried Tsonga, que avançou às quartas de final após bater o português João Sousa em um difícil duelo. Ele venceu por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/1), 3/6 e 6/2 e agora encara o alemão Jan-Lennard Struff.

Terceiro cabeça de chave, o italiano Fabio Fognini também confirmou o favoritismo ao eliminar o russo Mikhail Youzhny por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/4. Agora, Fognini vai encarar nas quartas o lituano Ricardas Berankis, que avançou graças ao abandono do alemão Philipp Kohlschreiber, quinto favorito.

FRANÇA

No Torneio de Metz, o destaque da quinta-feira ficou por conta da estreia com vitória do belga David Goffin. Cabeça de chave número 2, ele havia folgado na primeira rodada e agora passou pelo espanhol Nicolas Almagro por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3.

Em dia irregular no serviço, Goffin precisou atacar o saque de Almagro e conseguiu quatro quebras para confirmar a vitória. Agora, terá pela frente o francês Benoit Paire, sétimo cabeça de chave, que atropelou nesta quinta o espanhol Marcelo Granollers em dois sets: 6/1 e 6/2.

Cabeças de chave 3 e 4, respectivamente, o francês Lucas Pouille e o luxemburguês Gilles Muller não tiveram a mesma sorte. Pouille foi surpreendido pelo romeno Marius Copil em dois tie-breaks, com parciais de 7/6 (7/4) e 7/6 (8/6), enquanto Muller caiu diante do georgiano Nikoloz Basilashvili por 2 sets a 0, com duplo 6/4.

Por outro lado, o alemão Mischa Zverev confirmou o favoritismo diante do suíço Henri Laaksonen. Quinto cabeça de chave, ele levou a melhor por 2 sets a 0, também com duplo 6/4, e vai encarar nas quartas o francês Kenny De Schepper, que eliminou seu compatriota Nicolas Mahut em dois sets: 6/4 e 7/5.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
Tênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.