CBT/ Divulgação
CBT/ Divulgação

Demoliner supera irmãos Bryan e avança em Viena; Soares e Melo caem

Ao lado do americano Sam Querrey, brasileiro está na semifinal

Estadão Conteúdo

26 Outubro 2017 | 20h14

O tenista Marcelo Demoliner salvou o dia dos duplistas brasileiros no Torneio de Viena, na Áustria. Ele e o norte-americano Sam Querrey eliminaram os irmãos Bob e Mike Bryan e avançaram às semifinais. Já Bruno Soares e Marcelo Melo, com seus parceiros habituais, foram eliminados da competição de nível ATP 500.

+ Roger Federer arrasa francês e vai às quartas de final na Basileia

Num dos seus maiores resultados da carreira, Demoliner bateu os gêmeos norte-americanos, considerados por muitos como os melhores duplistas da história, pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 10/8, em 1h04min de confronto.

Em sua sexta semifinal na temporada, Demoliner vai enfrentar os vencedores do confronto entre Santiago Gonzalez/Julio Peralta e Oliver Marach/Mate Pavic. O 42º colocado do ranking de duplas ainda busca seu primeiro título de nível ATP na carreira, após cinco finais disputadas, três delas só neste ano.

Se Demoliner brilhou, Soares e Melo não tiveram a mesma performance na quadra dura austríaca. Melo e o polonês Lukasz Kubot defendiam o bicampeonato obtido nos dois últimos anos, mas foram eliminados nas quartas de final pelo indiano Rohan Bopanna e pelo uruguaio Pablo Cuevas por 2 a 1, com parciais de 6/7 (3/7), 6/4 e 10/8.

Soares e o escocês Jamie Murray também caíram na chave de duplas. Eles foram batidos pelo russo Karen Khachanov e pelo francês Lucas Pouille por 2/6, 7/6 (7/3) e 10/7. Tanto Soares quanto Melo vão seguir para o Masters 1000 de Paris, que será disputado na próxima semana.

 

TSONGA AVANÇA

Um dos favoritos na chave de simples, o francês Jo-Wilfried Tsonga avançou às quartas de final e se credenciou para o confronto com o alemão Alexander Zverev, principal favorito ao título. Tsonga, oitavo cabeça de chave, venceu o bósnio Damir Dzumhur por 6/7 (5/7), 7/6 (9/7) e 6/1.

Richard Gasquet, outro francês cabeça de chave em Viena, superou o local Dominic Thiem de virada pelo placar de 4/6, 7/5 e 6/1. Ele terá um compatriota pela frente nas quartas. Será Lucas Pouille, que despachou o espanhol Guillermo Garcia-López por 6/3 e 7/6 (10/8).

Também avançaram nesta quinta o alemão Jan-Lennard Struff, o britânico Kyle Edmund e o argentino Diego Schwartzman.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.