Depois de Nadal, é a vez de Davydenko desistir de torneio

A bruxa parece estar solta no Torneio de Sydney, na Austrália. Nesta quarta-feira, um dia depois do espanhol Rafael Nadal abandonar a competição por causa de uma lesão muscular, foi a vez do russo Nikolay Davydenko desistir de seu jogo contra o francês Paul-Henri Mathieu por causa de uma contusão no pé. A partida, pelas oitavas-de-final, estava 1 set a 0 para o francês (parcial de 6/4) quando o russo - terceiro melhor do mundo - chamou atendimento médico."O médico disse que isso pode ser uma fratura por stress. Mas isso não é 100% e por isso tenho que fazer os exames para saber direito o que houve", contou Davydenko na entrevista coletiva, sem saber se terá condições de disputar o Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, que começará na próxima semana.Sem os dois principais favoritos ao título, o norte-americano James Blake passa a ser o nome mais forte em Sydney. O cabeça-de-chave número 3 não encontrou dificuldades para derrotar o australiano Nathan Healey por 2 sets a 0 - com parciais de 6/2 e 6/4 - e avançou às quartas-de-final. Seu rival será o russo Evgeny Korolev, que bateu o norte-americano Robby Ginepri por 2 a 1 - com parciais de 0/6, 6/4 e 6/4.Os outros resultados do torneio nesta quarta foram:Marcos Baghdatis (CYP) 2 x 1 Jan Hernych (RCH) - 6/4, 6/7 (2/7) e 6/3 Richard Gasquet (FRA) 2 x 0 Benjamin Becker (ALE) - 6/3 e 6/4 Tomas Berdych (RCH) 2 x 1 Ivo Minar (RCH) - 6/7 (4/7), 6/0 e 6/4 Carlos Moyá (ESP) 2 x 1 Fernando Verdasco (ESP) - 4/6, 7/6 (11/9) e 6/3 Jurgen Melzer (AUT) 2 x 0 Chris Guccione (AUS) - 7/6 (7/3) e 6/3

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.