Derrota de Venus abre crise das Williams

Numa das maiores surpresas da história do tênis feminino, Venus Williams caiu na terceira rodada do Aberto da Austrália, ao perder para a já veterana norte-americana Lisa Raymond por 2 a 0, parciais de 6/4 e 7/6 (7/5). É a primeira vez que as Williams não alcançam as quartas-de-final deste torneio em Melbourne, onde no ano passado disputaram a final, vencida por Serena, que não está jogando. "Estou chocada", definiu Venus. "Tinha muitas esperanças de ir longe neste torneio. Não consigo ainda acreditar que isso é verdade."A derrota de Venus em Melbourne acentua a crise das Williams. As duas irmãs estavam sem jogar desde a final de Wimbledon, em julho do ano passado, vencida por Serena e ainda até hoje em tratamento de um problema no joelho. Venus, depois de seis meses sem jogar por causa de uma lesão no abdômen, participou de duas exibições este ano, e venceu fácil as duas primeiras rodadas do Aberto da Austrália. Mas sem o mesmo domínio de outros tempos, virou presa fácil para uma veterana do tênis, como Raymond.Nos bastidores suspeita-se de que existam outros fatores prejudicando o rendimento das Williams. Por que estariam tanto tempo em recuperação de lesões? E agora na sua volta, Venus não consegue mais mostrar a mesma força e eficiência.Enquanto isso, quem faz a festa é a belga Kim Clijsters, que venceu outra ao marcar 6/2 e 6/1 na irmã de Marat Safin, DelfinaSafina. Anastasia Myskina eliminou a beldade Maria Sharapova por 6/4, 1/6 e 6/2.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2004 | 14h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.