Derrota para Ferrero não abala Guga

A derrota para Juan Carlos Ferrero, por 6/4 e 6/4, nas quartas-de-final do ATP Tour de Barcelona, não deixou Gustavo Kuerten tão abalado como era de se esperar, depois de um duelo entre dois dos melhores jogadores de saibro do circuito. Pelo contrário, Guga demonstrou estar até satisfeito com o que conseguiu esta semana na Espanha e, na entrevista coletiva, revelou-se feliz com o seu atual nível técnico, dizendo que seu objetivo é Roland Garros. "Estou feliz porque esta semana senti que voltei à elite do tênis, chegando às quartas-de-final de um grande torneio, ao lado de jogadores como o Ferrero, o Carlos Moyá, o Marat Safin e o Gaston Gaudio", afirmou Guga."Fiquei satisfeito também com a declaração do Ferrero de que ganhou este jogo nos detalhes. Isso mostra que estou impondo respeito novamente." Com esta campanha, porém, Guga deixou claro que ainda vai precisar andar atrás de ritmo de jogo. Nestes dois torneios iniciais da temporada européia de saibro ganhou poucas partidas: de Mardy Fish em Monte Carlo e de Felix Mantilla em Barcelona. Com isso, vai precisar de melhores resultados nas próximas competições se quiser chegar em Roland Garros com confiança suficiente para lutar pelo título. "Não é segredo que meu objetivo é Roland Garros e, por isso, acho que se chegar a uma semifinal ou a uma final nos próximos torneios, os Masters Series de Roma e de Hamburgo, acho que vou chegar a Paris em boas condições."No jogo diante de Ferrero, Guga não esteve muito bem no primeiro set, mas no segundo mostrou um melhor nível. Chegou inclusive a abrir uma vantagem de 4 a 1, mas desperdiçou pontos importantes. "Falhei em algumas bolas", reconheceu o tenista. "E contra um jogador como o Ferrero não se pode perder nenhuma chance sequer."No palco - Se na quadra Guga não foi bem tanto como a torcida gostaria, no palco em Barcelona, o tenista fez sucesso na festa dos jogadores. Tocou baixo e cantou ao lado do cantor Marcelo, que o tenista brasileiro conheceu no restaurante TerraSamba, em Paris, e agora foi convidado para participar da festa em Barcelona.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.