Peter Schneider/AP
Peter Schneider/AP

Thomaz Bellucci é eliminado por tunisiano em Winston-Salem

Brasileiro cai diante de Malek Jaziri por 2 sets a 0 - 6/3 e 6/2

Estadão Conteúdo

27 Agosto 2015 | 23h41

Desinteressado, sem mostra qualquer tipo de reação em quadra - talvez por dores nas costas que o atrapalharam ainda no primeiro set -, o brasileiro Thomaz Bellucci foi eliminado nesta quinta-feira do Torneio de Winston-Salem, nos Estados Unidos, que é preparatório para o US Open, quarto e último Grand Slam da temporada, que começará nesta segunda, em Nova York. Pelas quartas de final, o atual número 1 do País e 30 do mundo caiu diante do tunisiano Malek Jaziri por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/2, em 1 hora e 21 minutos.

Algoz de brasileiros em Winston-Salem - na estreia eliminou João Souza, o Feijão -, Jaziri, apenas o 88.º colocado do ranking da ATP, foi melhor durante toda a partida. Com bons golpes de fundo de quadra, fez Bellucci se movimentar bastante. No segundo game, em uma tentativa de salvar uma bola, o tenista de Tietê (SP) se esforçou bastante e colocou a mão nas costas, acusando dores no local. A partir daí, o tunisiano sobrou no jogo.

Após perder por 6/3 a primeira parcial, Bellucci pediu atendimento médico e recebeu massagem nas costas. O brasileiro voltou um pouco melhor e teve seu ápice na tentativa de devolver uma quebra de serviço no sexto game, quando perdia por 3 a 2. Com 15/40, no entanto, Jaziri conseguiu se salvar e contou com uma ajuda de Bellucci, que errou um "smash" na rede. Desanimado, o brasileiro se entregou e perdeu por 6/2.

Nas semifinais, nesta sexta-feira, Jaziri terá pela frente o sul-africano Kevin Anderson, cabeça de chave número 2 do torneio e número 15 do mundo, que passou pelo jovem croata de 18 anos Borna Coric, 35.º do ranking, por 2 sets a 0 - com parciais de com 6/2 e 7/6 (7/1).

No outro lado da chave, o norte-americano Steve Johnson, cabeça 13, nem precisou jogar por causa da desistência por lesão de Lu Yen-Hsun, de Taiwan. Na luta por vaga na final, vai encarar o francês Pierre-Hugues Herbert, que bateu o espanhol Pablo Carreno Busta por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 7/6 (7/5) e 6/2.

DUPLAS

O brasileiro André Sá e o neozelandês Artem Sitak foram eliminados nesta quinta-feira nas quartas de final da chave de duplas. Os dois tiveram o jogo sob controle por cerca de 1 horas, mas não conseguiram concretizar a vantagem e sofreram a virada dos australianos Sam Groth e Chris Guccione por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 7/6 (7/3) e 10 a 2 no match tie-break, após 1 hora e 18 minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.