Phillip Wright/EFE
Phillip Wright/EFE

Destaque em Toronto, grego Tsitsipas cai na estreia em Cincinnati

Novo integrante do Top 20 do ranking da ATP foi eliminado pelo belga David Goffin

Estadão Conteúdo

14 Agosto 2018 | 19h22

Surpresa no Masters 1000 de Toronto, na semana passada, o grego Stefano Tsitsipas decepcionou em Cincinnati. Nesta terça-feira, logo em sua estreia, o novo integrante do Top 20 do ranking da ATP foi eliminado pelo belga David Goffin pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/3, em 1h26min de duelo.

Tsitsipas foi vice-campeão na quadra dura canadense no domingo, ao ser batido na final pelo favorito Rafael Nadal. Foi o maior feito da carreira do grego de 20 anos até agora. Ele nunca havia alcançado final tão importante em sua trajetória. Para tanto, eliminou quatro tenistas do Top 10 em seu caminho até a decisão.

Porém, o embalo conquistado nas últimas semanas foi freado nesta terça por Goffin, numa vitória com sabor de vingança porque o belga fora eliminado pelo rival grego no Torneio de Washington, no início do mês.

Nesta terça, Tsitsipas liderou o placar nos dois sets. No entanto, não conseguiu sustentar a vantagem e levou duas viradas seguidas, nas duas parciais da partida. No segundo set, o grego chegou a estar vencendo por 3/0. Goffin, porém, virou para 4/3.

O tenista da Grécia, atual 15º do ranking, sofreu cinco quebras de saque na partida, quase sempre em razão de erros causados por afobação e preciosismo nas disputas dos pontos. Goffin, 11º do mundo, usou da maior experiência para sacramentar a vitória, garantindo vaga na segunda rodada. Seu próximo adversário será o francês Benoit Paire, que bateu na estreia o veterano espanhol David Ferrer.

Também nesta terça, o argentino Leonardo Mayer superou o francês Lucas Pouille, algoz do escocês Andy Murray na estreia, por 7/6 (9/7) e 6/4. Nas oitavas de final, o tenista da Argentina poderá enfrentar o suíço Roger Federer, principal favorito ao título. Ele estreará ainda nesta terça contra o alemão Peter Gojowczyk.

Pela rodada de abertura, o sul-coreano Hyeon Chung despachou o local Jack Sock, ex-Top 10, por 2/6, 6/1 e 6/2. O asiático será o adversário de estreia do argentino Juan Martín del Potro, novo número três do mundo.

O australiano Nick Kyrgios também se garantiu na segunda rodada. Nesta terça, ele bateu o local Denis Kudla, que saiu do qualifying, por 6/7 (2/7), 7/5 e 7/6 (11/9). O mesmo aconteceu com o canadense Milos Raonic, ao superar o sérvio Dusan Lajovic, outro tenista saído do quali, por duplo 6/3.

Também avançaram o russo Karen Khachanov, o croata Borna Coric, o romeno Marius Copil e o holandês Robin Haase.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.