Determinado, Del Potro bate Dimitrov e vai à final de Roterdã

O argentino Juan Martín del Potro mostrou estar determinado a ir um passo além de seu vice-campeonato um ano atrás no Aberto de Doha ao derrotar o búlgaro Grigor Dimitrov em 6-4 e 6-4 e garantir sua vaga na final neste sábado.

THEO RUIZENAAR, Reuters

16 de fevereiro de 2013 | 16h59

Na esteira da derrota chocante de Roger Federer na sexta-feira, o segundo cabeça de chave Del Potro é agora o favorito para acrescentar seu nome à flâmula dos campeões se vencer Julien Benneteau ou Gilles Simon na decisão de domingo.

Del Potro tem sido arrasador e chegou à final sem perder nenhum set durante a semana.

A partir do momento em que o argentino quebrou o serviço do adversário no terceiro game, quando Dimitrov errou um voleio fácil, só parecia haver um vencedor possível.

"Meu saque está indo realmente bem, e isso dá muita confiança para o resto do meu plano de jogo", disse Del Potro a repórteres.

"Estou satisfeito com esta vitória contra um tenista com grande potencial, que pode estar entre os 10 ou 20 melhores no futuro próximo".

Apesar de ser o favorito na final, o campeão do Aberto dos EUA de 2009 não quis se gabar de suas chances.

(Por Theo Ruizenaar)

Tudo o que sabemos sobre:
TENISDELPOTROROTERDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.