Jonathan Nackstrand/ AFP Photo
Jonathan Nackstrand/ AFP Photo

Dimitrov elimina Fognini e enfrenta Del Potro na decisão de Estocolmo

Búlgaro confirmou favoritismo ao superar adversário por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2)

Estadão Conteúdo

21 Outubro 2017 | 15h18

O búlgaro Grigor Dimitrov confirmou o favoritismo neste sábado, derrotou o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7/2), e se garantiu na decisão do Torneio de Estocolmo, na Suécia.

+ Leia mais notícias sobre tênis

+ Tsonga derrota belga e encara Diego Schwartzman na final do Torneio da Antuérpia

+ Alemã bate campeã olímpica na final e fatura título da WTA em Luxemburgo

+ Görges bate russa na final em Moscou e volta a ser campeã após seis anos

Principal favorito da competição, o tenista número 8 do mundo tem agora um difícil desafio pela frente: o argentino Juan Martin del Potro, quarto cabeça de chave e 19º do ranking.

Também neste sábado, com bem mais dificuldade, o argentino superou o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 6/7 (4/7), 6/4 e 7/6 (7/1). Ele e Dimitrov já duelaram sete vezes, com cinco vitórias de Del Potro.

E os dois tenistas vêm de excelente campanha ao longo da semana. Enquanto o búlgaro ainda não perdeu nenhum set, Del Potro cedeu o primeiro apenas neste sábado frente a Verdasco, oitavo favorito da competição. Sexto cabeça de chave, por sua vez, Fognini até conseguiu duas quebras, mas teve poucas chances concretas diante de Dimitrov.

Com 26 anos, o búlgaro busca neste domingo o seu oitavo título na carreira, o quarto em 2017 - o principal deles foi o Masters 1000 de Cincinnati - e o segundo em Estocolmo, onde ganhou também em 2013.

Já o experiente argentino de 29 anos busca a sua vigésima conquista na carreira, a primeira em 2017 e, especialmente, o bicampeonato em Estocolmo, torneio em que ele venceu em 2016. Este foi, aliás, o seu último título.

MOSCOU

Ainda neste sábado, pelo Torneio de Moscou, o lituano Ricardas Berankis surpreendeu o favorito francês Adrian Mannarino e venceu de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1. Seu adversário na final será Damir Dzumhur, da Bósnia-Herzegovina, que superou o seu compatriota Mirza Basic por 6/0 e 7/6 (11/9).

Mais conteúdo sobre:
Tênistênis

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.