Clive Brunskill/AFP
Clive Brunskill/AFP

Dimitrov volta a oscilar e cai na 3ª rodada no Masters de Miami

Búlgaro cai na competição após derrota por 2 sets a 0 para o francês Jeremy Chardy

Estadão Conteúdo

25 de março de 2018 | 21h18

O tenista búlgaro Grigor Dimitrov voltou a oscilar neste domingo e se despediu de forma precoce do Masters 1000 de Miami. Com uma atuação apática na quadra dura do torneio norte-americano, o atual número quatro do mundo foi batido pelo francês Jeremy Chardy por 2 sets a 0, com duplo 6/4, em 1h25min.

+ Soares é eliminado na 2ª rodada em Miami; Del Potro e Cilic avançam

+ Bia luta, mas perde para campeã de Roland Garros no Torneio de Miami

Diante do número 90 do ranking, Dimitrov sofreu duas quebras de saque, uma em cada set. No segundo, sequer ameaçou o serviço do rival. Chardy soube aproveitar suas oportunidades e avançou às oitavas de final. Seu próximo adversário vai sair do duelo entre o argentino Diego Schwartzman, que vive boa fase, e o canadense Milos Raonic.

Com mais esta queda precoce, Dimitrov mantém a irregularidade na temporada, após boas atuações nos dois primeiros meses do ano. Após ser vice-campeão em Roterdã - perdeu para o suíço Roger Federer na final -, o tenista da Bulgária foi eliminado na estreia em Dubai, quando era o maior favorito ao título, e também no Masters de Indian Wells, na semana passada.

Ainda neste domingo, o local John Isner bateu o russo Mikhail Youzhny e também se garantiu nas oitavas de final. Ele levou a melhor no confronto pelo placar de 2 a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Na sequência, ele vai duelar com o croata Marin Cilic, atual número três do mundo e vice-campeão do Aberto da Austrália.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisGrigor Dimitrov

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.