Disputa da Copa Davis valerá para o ranking da ATP

Medida visa fortalecer a competição com os principais tenistas do principal ranking do mundo

EFE

09 de abril de 2008 | 19h31

Os jogadores que defenderem seus países na Copa Davis receberão pontos para os rankings da ATP a partir do ano que vem, anunciaram nesta quarta-feira o circuito profissional masculino e a Federação Internacional de Tênis (ITF, em inglês). O motivo da decisão é estimular os melhores das listas a defenderem suas equipes."Dar pontos para os rankings, tanto nas simples como nas duplas, é um incentivo a mais para que os jogadores representem suas nações na Copa Davis", disse a ITF em nota.Oito dos dez melhores jogadores do mundo participam das quartas-de-final do Grupo Mundial, este fim de semana - a principal ausência é Roger Federer, número um do mundo, que não defenderá a Suíça. A medida visa aumentar ainda mais este número.Além disso, foram fixadas as datas das próximas edições da Davis, além do número de pontos a serem dados aos tenistas. "Esta é uma situação em que tanto a Copa Davis como a ATP saem ganhando. O calendário fica mais estável para os próximos anos, como era a vontade dos jogadores mais importantes, e pela primeira vez eles receberão pontos por seus resultados na competição", comentou o italiano Francesco Ricci Bitti, presidente da ITF.Para o sul-africano Etienne de Villiers, presidente da ATP, a nova estrutura do circuito oferecerá o "melhor tênis" a torcedores, patrocinadores e televisões. "A Copa Davis é muito importante para o crescimento e o futuro do tênis", comentou.O calendário da Davis de 2009 a 2011 ficou assim: a primeira rodada será na semana anterior ao Masters Series de Indian Wells; as quartas, logo após Wimbledon; as semifinais na semana seguinte ao US Open e a final, na semana posterior à Masters Cup.Em 2012, algumas datas serão antecipadas. A primeira rodada será duas semanas depois do Aberto da Austrália; as quartas, logo após o Masters Series de Miami; as semifinais se mantêm depois do US Open e a final, após a Masters Cup.Em 2013, a única mudança é a primeira rodada, que será uma semana depois do primeiro Grand Slam do ano. Quanto à pontuação, o desempenho acumulado no ano anterior das quatro fases da Copa Davis e nas repescagens contarão como um resultado. Em 2009, esta pontuação será contabilizada como um torneio de categoria 500, e somará pontos os que forem melhor.Além disso, não contarão pontos os jogos que não valerem nada na eliminatória. E se um jogador não disputa uma fase, mas sim a seguinte, acrescentará os pontos do confronto anterior.Nas simples, serão dados de cinco pontos (repescagem) a 75 (final) por jogo ganho - total que pode chegar a 625 pontos, já que há um bônus para os campeões. Nas duplas, quem vencer o título pode chegar a 350.

Tudo o que sabemos sobre:
ATPCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.