Djokovic arrasa Cilic e avança à semifinal em Montecarlo

Novak Djokovic não teve dificuldades para confirmar o seu favoritismo nesta sexta-feira e garantir vaga na semifinal do Masters 1000 de Montecarlo. O tenista sérvio arrasou o croata Marin Cilic por 2 sets a 0, com direito a um "pneu" (6/0) e depois um triunfo por 6/3, em apenas 65 minutos, e agora espera pelo confronto contra o espanhol Rafael Nadal.

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2015 | 09h52

Líder do ranking mundial e principal cabeça de chave, Djokovic conquistou a sua terceira vitória fácil nesta edição da competição realizada em quadras de saibro no principado monegasco, sendo que este foi o 12º triunfo do sérvio em 12 confrontos diante de Cilic, campeão do US Open e atual 10º colocado da ATP.

No duelo anterior entre os dois tenistas, Djokovic já aplicado duplo 6/1 sobre o adversário na primeira fase do ATP Finals do ano passado, em Londres, e desta vez começou a partida diante do croata de forma massacrante. Além de aproveitar três de seis chances de quebrar o saque do rival, ele permitiu que o rival marcasse apenas nove pontos nesta parcial inicial.

No segundo set, Cilic até tentou esboçar uma reação, mas não conseguiu quebrar o saque do sérvio por nenhuma vez e viu o tenista número 1 do mundo converter dois de quatro break points para fazer o 6/3 que liquidou a partida.

A outra semifinal do Masters 1000 de Montecarlo já foi definida nesta sexta-feira. O francês Gael Monfils, que nas oitavas de final havia surpreendido ao eliminar Roger Federer, desta vez se garantiu na semifinal ao arrasar o búlgaro Grigor Dimitrov com parciais de 6/1 e 6/3, em apenas 58 minutos. Sem ter o serviço quebrado por nenhuma vez, o atual 18º tenista da ATP ainda converter os quatro break points cedidos pelo seu adversário para encaminhar a vitória de forma rápida.

O próximo rival de Monfils será o checo Tomas Berdych, que contou com a desistência de Milos Raonic quando vencia o primeiro set por 5/2. O canadense desistiu do confronto por causa de uma lesão no pé.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.