Jean Christophe Magnenet/AFP
Jean Christophe Magnenet/AFP

Djokovic arrasa rival espanhol e vai às oitavas de final em Montecarlo

Sérvio bate Albert Ramos por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2015 | 11h36

O sérvio Novak Djokovic estreou com uma vitória tranquila no Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro. Nesta terça-feira, já pela segunda rodada, o número 1 do mundo derrotou o espanhol Albert Ramos, 67.º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1 hora e 26 minutos.

Djokovic começou firme a partida e logo abriu 4/0, com quebras de saque no segundo e quarto games, se aproveitando do excesso de erros do adversário. Ramos, arriscando bastante, ainda esboçou uma reação ao devolver uma das quebras no game seguinte, mas voltou a perder o seu saque e viu o número 1 do mundo fechar a parcial em 6/1.

O segundo set foi mais equilibrado, com Ramos sendo agressivo nos seus games de serviços. Assim, conseguiu manter o duelo igual até o sétimo game, quando Djokovic obteve a única quebra de serviço da parcial. Depois, o sérvio precisou apenas manter o ritmo para assegurar mais uma vitória, a segunda em dois duelos com o espanhol.

Garantido nas oitavas de final, Djokovic agora espera a definição do seu próximo adversário em Montecarlo. O número 1 do mundo terá pela frente o vencedor do confronto entre o australiano Bernard Tomic e o austríaco Andreas Haider-Maurer. O sérvio, que está embalado pelos títulos dos Masters 1000 de Indian Wells e Miami, busca a sua segunda conquista em Montecarlo, onde foi campeão em 2013.

OUTROS JOGOS

Ainda pela primeira rodada do Masters 1000 de Montecarlo, o francês Jo-Wilfried Tsonga, 14º colocado no ranking, avançou na sua estreia ao derrotar o alemão Jan-Lennard Struff (76º) por 2 sets a 0, com um duplo 6/4. Seu próximo oponente será o belga David Goffin.

E Tsonga liderou uma série de vitórias de tenistas franceses nesta terça em Montecarlo. Gilles Simon, número 13 do mundo, derrotou o monegasco Benjamin Balleret (348º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2. Na segunda rodada, Simon terá pela frente o também francês Benoit Paire.

Número 18 do mundo, Gael Monfils precisou de uma virada para derrota o russo Andrey Kuznetsov (101º) por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 6/4. Agora, o francês vai medir forças com o ucraniano Alexandr Dolgopolov.

Já Jeremy Chardy (35º) será o adversário de estreia do suíço Roger Federer em Montecarlo após bater o argentino Diego Schwartzman (7/5 e 6/2). Federer é o atual vice-campeão desse Masters 1000 e lidera o confronto direto com o francês por 2 a 1.

Lucas Pouille (108º) bateu o austríaco Dominic Thiem com um duplo 6/4 e vai ser o primeiro adversário do espanhol Rafael Nadal em Montecarlo. Já o suíço Stan Wawrinka estreará diante de Juan Monaco (42º) depois que o argentino eliminou o checo Jiri Vesely (6/4 e 6/2).

O espanhol Tommy Robredo, 20º colocado no ranking da ATP, se garantiu na segunda rodada em Montecarlo ao bater italiano Andreas Seppi (38º) por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 1/6 e 6/4. Na segunda rodada, o seu adversário vai ser o compatriota Marcel Granollers, que bateu o francês Adrian Mannarino (6/3 e 6/0).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.