Yoan Valat/EFE
Yoan Valat/EFE

Djokovic atinge 100.ª semana na liderança do ranking

Ele é o nono jogador a atingir tal marca

AE, Agência Estado

23 de setembro de 2013 | 11h01

LONDRES - O sérvio Novak Djokovic entrou nesta segunda-feira em um seleto grupo de tenistas ao atingir a 100.ª semana na liderança do ranking da ATP, com 11.120 pontos, mesmo sem ter jogado nos últimos dias. Ele é o nono jogador a atingir tal marca, se juntando a Andre Agassi (101 semanas), Rafael Nadal (102), Bjorn Borg (109), John McEnroe (170), Jimmy Connors (268), Ivan Lendl (270), Pete Sampras (286) e Roger Federer (302).

Djokovic se tornou o número 1 do mundo pela primeira vez no dia 4 de julho de 2011, após faturar o título de Wimbledon naquela que foi a melhor temporada da sua carreira, em que ele foi dez vezes campeão, incluindo a conquista de três torneios do Grand Slam e cinco Masters 1000.

Em 9 de julho de 2012, Djokovic perdeu a primeira colocação para Federer, que permaneceu no posto por 17 semanas, que foi retomado por Djokovic em 5 de novembro. Desde então, o sérvio é o número 1 do mundo. Mas ele pode ser ultrapassado por Nadal após a disputa do Masters 1000 de Pequim, na próxima semana.

Djokovic, com 11.120 pontos, terá que defender o seu título de 2012, enquanto o espanhol, atualmente em segundo lugar com 10.860, não disputou o torneio no ano passado e só precisa ser finalista na China para reassumir a liderança do ranking da ATP mesmo que o sérvio volte a ser campeão.

Sem alterações nas 13 primeiras posições da lista, Djokovic e Nadal são seguidos pelo britânico Andy Murray, pelo espanhol David Ferrer, pelo suíço Roger Federer, pelo checo Tomas Berdych, pelo argentino Juan Martin del Potro e pelo francês Jo-Wilfried Tsonga, o oitavo colocado, que foi vice-campeão do Torneio de Metz na semana passada. O Top 10 é completado pelo também francês Richard Gasquet e pelo suíço Stanilas Wawrinka.

Algoz de Tsonga na decisão em Metz, o francês Gilles Simon subiu duas posições no ranking da ATP e agora está em 14º lugar na lista. Já o letão Ernests Gulbis, que foi campeão do Torneio de São Petersburgo, ganhou nove posições e passou a ocupar a 27ª colocação.

O brasileiro Thomaz Bellucci segue sendo o melhor tenista do País no ranking da ATP, mesmo que tenha perdido duas posições na atualização desta segunda, caindo para o 118º lugar. Já Guilherme Clezar ganhou 40 postos com o título do Challenger de Campinas no último fim de semana e alcançou o 177º lugar.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1.º Novak Djokovic (SER), 11.120 pontos

2.º Rafael Nadal (ESP), 10.860

3.º Andy Murray (GBR), 7.075

4.º David Ferrer (ESP), 6.710

5.º Roger Federer (SUI), 4.515

6.º Tomas Berdych (RCH), 4.460

7.º Juan Martín del Potro (ARG), 4.425

8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 3.325

9.º Richard Gasquet (FRA), 3.165

10.º Stanislas Wawrinka (SUI), 3.150

11.º Milos Raonic (CAN), 2.610

12.º Kei Nishikori (JAP), 2.325

13.º Tommy Haas (ALE), 2.265

14.º Gilles Simon (FRA), 2.155

15.º Jerzy Janowicz (POL), 2.085

16.º John Isner (EUA), 2.025

17.º Nicolás Almagro (ESP), 1.940

18.º Tommy Robredo (ESP), 1.855

19.º Fabio Fognini (ITA), 1.840

20.º Mikhail Youzhny (RUS), 1.780

118.º Thomaz Bellucci (BRA), 480

133.º Rogério Dutra Silva (BRA), 440

141.º João Souza (BRA), 400

177.º Guilherme Clezar (BRA), 286

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.