Djokovic aumenta folga no ranking após vencer na Davis

Em uma semana sem torneios de nível ATP e com a disputa da Copa Davis, Novak Djokovic aproveitou a sua boa participação na competição por equipes para ampliar a sua vantagem na liderança do ranking, atualizado nesta segunda-feira. O sérvio somou 125 pontos e chegou aos 12.500, disparado na primeira colocação da lista.

AE, Agência Estado

08 de abril de 2013 | 10h57

Djokovic participou do triunfo da Sérvia sobre os Estados Unidos pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis e venceu os dois jogos de simples que disputou, diante de John Isner e Sam Querrey. Agora, ele completou a 70ª semana na liderança do ranking da ATP, com 3.750 pontos de vantagem para o escocês Andy Murray, segundo colocado, com 8.750.

A lista não apresentou alterações nas 14 primeiras colocações. Assim, o suíço Roger Federer permanece em terceiro lugar, à frente dos espanhóis David Ferrer e Rafael Nadal. O checo Tomas Berdych, o argentino Juan Martin del Potro, os franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet e o sérvio Janko Tipsarevic completam, em ordem, as 10 primeiras posições da lista.

Com duas vitórias no duelo com a Itália, o canadense Milos Raonic subiu uma posição no ranking da ATP e agora está em 15º lugar. O argentino Juan Monaco atingiu a 18ª colocação após somar um triunfo e uma derrota no confronto com a França e ultrapassou o italiano Andreas Seppi, que teve o mesmo desempenho no duelo com o Canadá.

O checo Lukas Rosol venceu os dois jogos de simples que fez contra o Casaquistão e subiu 17 posições na lista, para o 46º lugar. Já Carlos Berlocq, que perdeu para Tsonga, mas venceu Gilles Simon e garantiu o triunfo da Argentina sobre a França ascendeu sete posições e está na 64ª posição.

Sem entrar em quadra na semana passada, Thomaz Bellucci não teve a sua posição alterada no ranking da ATP e segue sendo o melhor brasileiro da lista, em 40º lugar, com 987 pontos.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1.º Novak Djokovic (SER), 12.500 pontos

2.º Andy Murray (GBR), 8.750

3.º Roger Federer (SUI), 8.670

4.º David Ferrer (ESP), 6.970

5.º Rafael Nadal (ESP), 6.385

6.º Tomas Berdych (RCH), 5.015

7.º Juan Martín del Potro (ARG), 4.750

8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 3.695

9.º Richard Gasquet (FRA), 3.230

10. Janko Tipsarevic (SER), 3.000

11.º Marin Cilic (CRO), 2.675

12.º Nicolás Almagro (ESP), 2.390

13.º Gilles Simon (FRA), 2.390

14.º Tommy Haas (ALE), 2.260

15.º Milos Raonic (CAN), 2.225

16.º Kei Nishikori (JAP), 2.135

17.º Stanislas Wawrinka (SUI), 1.960

18.º Juan Monaco (ARG), 1.900

19.º Andreas Seppi (ITA), 1.895

20.º Sam Querrey (EUA), 1.880

40.º Thomaz Bellucci (BRA), 987

109.º Rogério Dutra Silva (BRA), 474

111.º João Souza (BRA), 473

180.º Thiago Alves (BRA), 272

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.