Gonzalo Fuentes/Reuters
Gonzalo Fuentes/Reuters

Djokovic avança em Roland Garros e iguala Nadal em número de quartas de final

Sérvio superou o russo Karen Khachanov e vai disputar as quartas em Paris pela 14ª vez, a 11ª consecutiva

Redação, Estadao Conteudo

05 de outubro de 2020 | 13h50

Ainda sem perder sets em Roland Garros, o sérvio Novak Djokovic superou o russo Karen Khachanov por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3, em 2h23min, em seu primeiro grande teste em Paris. Com o triunfo, nesta segunda-feira, o número 1 do mundo avançou às quartas de final e bateu recorde no Grand Slam francês.

O líder do ranking vai disputar as quartas pela 11ª vez consecutiva, feito que nem Rafael Nadal tem em Roland Garros. O espanhol somou apenas seis seguidas. Djokovic ainda empatou com o rival ao atingir esta fase também pela 14ª vez, de forma não consecutiva - Nadal chegou ao mesmo número ao vencer seu jogo no domingo.

Contra Khachanov, 15º cabeça de chave, Djokovic teve seu primeiro bom teste no saibro de Paris. E foi aprovado. Ele faturou seis quebras de saque na partida, em 15 oportunidades, e sofreu duas quebras em nove chances do russo. O sérvio se destacou ainda ao disparar 44 bolas vencedoras, diante de 31 do rival. E cometeu menos erros não forçados: 28 a 31.

Com a boa performance, Djokovic faturou sua 35ª vitória na temporada. Tem apenas uma derrota, por desclassificação, no US Open. Em Roland Garros, ele poderá enfrentar agora justamente quem estava do outro lado da quadra em Nova York, quando foi desqualificado: o espanhol Pablo Carreño Busta.

Para tanto, o tenista da Espanha, atual 18º do mundo, precisará vencer o alemão Daniel Altmaier, 186º do ranking. Os dois vão se enfrentar ainda nesta segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.