Djokovic bate italiano e pega algoz de Federer em Xangai

O sérvio Novak Djokovic confirmou o seu favoritismo e se classificou nesta quinta-feira para as quartas de final do Masters 1000 de Xangai. Sem muita dificuldade, o número 2 do mundo avançou na competição chinesa ao derrotar o italiano Fabio Fognini, 17º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com um duplo 6/3, em 1 hora e 10 minutos.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 09h33

O triunfo desta quinta ampliou o retrospecto positivo de Djokovic diante de Fognini, agora com seis vitórias em seis partidas realizadas. Nas quartas de final, o tenista sérvio vai encarar o francês Gael Monfils, número 42 do mundo, que nesta quinta eliminou o suíço Roger Federer (6/4, 6/7 e 6/3). Djokovic venceu os oito jogos que disputou com o tenista francês.

Nesta quinta, Djokovic converteu o único break point que teve no primeiro set, no quarto game, e fez 3/1. Depois, precisou apenas manter o seu saque, que não foi ameaçado em nenhum momento do jogo por Fognini, para fechar a parcial em 6/3.

O segundo set foi ainda mais fácil para Djokovic. O sérvio quebrou o saque do italiano no quinto game e ficou em vantagem na parcial. Depois, no nono game, voltou a converter um break point, quebrou o serviço de Fognini e fechou a parcial novamente em 6/3 e a partida em 2 sets a 0.

O espanhol Nicolas Almagro se garantiu nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai ao derrotar o checo Tomas Berdych, número 6 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (6/8), 6/3 e 7/6 (7/4). O próximo adversário do 16º colocado no ranking será o argentino Juan Martin del Potro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.