Frank Victores/AP
Frank Victores/AP

Djokovic bate Seppi e encara Davydenko no Torneio de Cincinnati

Número 2 do mundo fez 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2, em 1 hora e 30 minutos

Agência Estado

15 de agosto de 2012 | 15h56

CINCINNATI - Embalado pelo título conquistado no último fim de semana em Toronto, o sérvio Novak Djokovic estreou com vitória no Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, disputado em quadras rápidas. Nesta quarta-feira, o número 2 do mundo derrotou o italiano Andreas Seppi, 27º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/4) e 6/2, em 1 hora e 30 minutos.

Com essa vitória, Djokovic ampliou para 9 a 0 a sua vantagem no confronto direto com Seppi. No primeiro set, o sérvio desperdiçou seis break points e só conseguiu definir a sua vitória no tie-break. Em vantagem, Djokovic conseguiu triunfar com mais facilidade na segunda parcial. Ele conseguiu duas quebras de serviço e venceu por 6/2 para avançar às oitavas de final.

O próximo adversário de Djokovic em Cincinnati será Nikolay Davydenko. O tenista russo, número 50 do mundo, avançou nesta quarta-feira ao derrotar o alemão Florian Mayer, 24º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com um duplo 6/3. O sérvio está em vantagem de 5 a 2 no confronto direto com Davydenko.

OUTROS JOGOS - Também nesta quarta-feira, o argentino Juan Martin del Potro se garantiu nas oitavas de final em Cincinnati ao bater o alemão Tommy Haas por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2. O próximo adversário do número 9 do mundo será o sérvio Viktor Troicki, que massacrou o australiano Lleyton Hewitt por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0.

O norte-americano Mardy Fish avançou com vitória sobre o argentino Carlos Berlocq por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/1. Já o francês Jereme Chardy bateu o usbeque Denis Istomin também por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 6/3.

BRUNO SOARES - O brasileiro Bruno Soares estreou bem na chave de duplas do Masters 1000 de Cincinnati. Em parceria com o colombiano Juan Sebastian Cabal, ele derrotou os britânicos Colin Fleming e Ross Hutchins por 2 sets a 0, com um duplo 6/4, em 1 hora e 20 minutos. Nas quartas de final, os sul-americanos vão enfrentar os espanhóis Marcel Granollers e Marc Lopez, cabeças de chave número 7 nos Estados Unidos e vice-campeões do Masters 1000 de Toronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.