Arquivo/AE
Arquivo/AE

Djokovic decide treinar com apenas um técnico

Número 2 do mundo diz que estilo dos dois técnicos era incompatível e dispensa Todd Martin

AE, Agência Estado

12 de abril de 2010 | 10h34

O sérvio Novak Djokovic anunciou nesta segunda-feira seu rompimento com o técnico norte-americano Todd Martin, mas disse que irá continuar trabalhando com Marian Vajda. O número 2 do mundo começou a treinar com Martin em agosto de 2009, mas afirmou que se tornou complicado ter dois técnicos.

"Eu não estou mais trabalhando com Todd Martin", disse Djokovic, que vai participar do Masters 1000 de Montecarlo. "Eu estou apenas com Marian novamente e espero que tenhamos muito sucesso", completou.

Djokovic, campeão do Aberto da Austrália de 2008, disse que o estilo dos dois técnicos não é compatível, mas elogiou o trabalho de Todd Martin. "Tentei trabalhar com dois treinadores, Todd é uma pessoa fantástica pessoa que tem muita experiência e dividiu tudo comigo".

Tudo o que sabemos sobre:
tênisNovak Djokovictécnico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.