Djokovic derrota casaque e encara Ferrer no Torneio de Xangai

Djokovic derrota casaque e encara Ferrer no Torneio de Xangai

Sérvio número um do mundo precisa de 2 horas e 7 minutos para bater Mikhail Kukushkin, 85º no ranking, por 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 10h45

O sérvio Novak Djokovic conseguiu uma difícil vitória para se classificar às quartas de final do Masters 1000 de Xangai, disputado em quadras duras. Nesta quinta-feira, o número 1 do mundo derrotou o casaque Mikhail Kukushkin, 85º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4, em 2 horas e 7 minutos.

Kukushkin deu bastante trabalho a Djokovic nesta quinta-feira. No primeiro set, o sérvio salvou o único break point que o casaque teve, converteu um no oitavo game e em seguida confirmou o seu saque para fechar a parcial em 6/3.

A derrota não abateu Kukushkin, que abriu 3/0 no segundo set com uma quebra de saque no segundo game. Djokovic só conseguiu devolvê-la no nono game, quando o casaque tentava fechar o set. Em seguida, porém, Kukushkin conseguiu mais uma quebra de serviço para vencer a parcial por 6/4.

No terceiro set, Djokovic conseguiu uma quebra de saque decisiva no quinto game, para depois abrir 4/2. Assim conseguiu vencer a parcial por 6/4 para avançar no Masters 1000 chinês.

Agora, Djokovic terá pela frente David Ferrer e tentará ampliar o seu bom retrospecto diante do adversário para seguir na luta pelo tricampeonato em Xangai. Afinal, o sérvio venceu 12 das 17 partidas que disputou contra o espanhol, incluindo as seis últimas.

Nesta quinta-feira, em confronto direto na luta por uma vaga no ATP Finals, Ferrer, o número 5 do mundo, bateu o britânico Andy Murray, o 11º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 6/1 e 6/2, em 1 hora e 55 minutos. Esta foi a sexta vitória do espanhol em 13 partidas contra o escocês.

Número 7 do mundo, o checo Tomas Berdych se garantiu nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai ao derrotar o croata Ivo Karlovic, 31º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1 hora e 4 minutos. Esta foi apenas a terceira vitória do checo em sete duelos com o croata.

Nas quartas de final, Berdych vai encarar o francês Gilles Simon, número 29 do mundo, que bateu o tunisiano Malek Jaziri, 87º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Simon lidera o confronto direto com Berdych por 5 a 3.

O espanhol Feliciano Lopez, número 21 do mundo, avançou na China ao bater o norte-americano John Isner, 14º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Seu adversário nas quartas de final será o russo Mikhail Youzhny, número 35 do mundo, que bateu o argentino Juan Monaco (5/7, 6/3 e 6/2).

Já o francês Julien Benneteau, número 30 do mundo, passou pelo norte-americano Jack Sock (6/3 e 6/4) e duelará nas quartas de final com o vencedor do jogo entre o suíço Roger Federer o espanhol Roberto Bautista Agut.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.