Michel Euler/AFP
Michel Euler/AFP

Djokovic derrota Kohlschreiber e avança no Masters de Paris

Tenista sérvio vence por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, e vai à terceira rodada do torneio francês, disputado em quadras duras

Estadão Conteúdo

28 de outubro de 2014 | 18h29

Cabeça de chave número 1, o sérvio Novak Djokovic estreou bem no Masters 1000 de Paris e conseguiu nesta terça-feira uma vitória sem maiores sustos. Ele passou pelo alemão Philipp Kohlschreiber por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, e avançou à terceira rodada do torneio francês, disputado em quadras duras.

Foi a primeira partida de Djokovic desde o nascimento de seu primeiro filho, Stefan, há seis dias, acontecimento que o tirou do circuito na semana passada. O sérvio tem a responsabilidade de repetir o desempenho do ano passado, quando foi campeão em Paris, para defender seus pontos no ranking da ATP.

Nesta terça, Djokovic imprimiu seu ritmo desde o início do confronto e em nenhum momento pareceu ameaçado por Kohlschreiber, número 24 do mundo. Mesmo quando o alemão conseguiu quebrar seu serviço no primeiro set, o sérvio respondeu rapidamente e garantiu uma quebra a mais. No segundo, aproveitou as poucas oportunidades dadas pelo adversário para triunfar.

Agora, Djokovic espera para conhecer seu próximo adversário. Ele enfrentará na terceira rodada do Masters 1000 de Paris o vencedor do confronto entre o norte-americano John Isner, 13.º cabeça de chave, e o francês Gael Monfils.

OUTROS RESULTADOS

Ainda nesta terça-feira, caiu o primeiro cabeça de chave da competição, pela segunda rodada. O francês Gilles Simon, 13.º favorito, perdeu para Fernando Verdasco, para tristeza da torcida da casa. O espanhol, número 33 do mundo, levou a melhor por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/4, e pode enfrentar agora o espanhol David Ferrer, que pegará o belga David Goffin pela segunda rodada.

Já o cabeça de chave número 14, o sul-africano Kevin Anderson, não teve vencer o colombiano Santiago Giraldo, também pela segunda rodada. Ele levou a melhor sobre o 31.º do ranking por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (10/8), e poderá enfrentar na próxima fase o suíço Stan Wawrinka, que estreará contra o austríaco Dominic Thiem.

Nos outros jogos do dia, destaque para o jovem francês Lucas Pouille, de 20 anos, que surpreendeu o experiente croata Ivo Karlovic, de 35, a atropelou por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4. Outro tenista da casa, Gael Monfils também avançou com tranquilidade ao passar pelo português João Sousa pelo mesmo placar: 6/1 e 6/4.

No duelo sul-americano, o uruguaio Pablo Cuevas vencia Leonardo Mayer por 1 set a 0 quando o argentino abandonou. Nas outras partidas, o espanhol Tommy Robredo levou a melhor sobre o canadense Vasek Pospisil em três sets, enquanto o Jeremy Chardy bateu seu compatriota francês Kenny de Schepper por 2 a 0.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisMasters 1000Novak DjokovicParis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.