Rob Griffith/AP
Rob Griffith/AP

Djokovic dispara na liderança do ranking e Murray sobe para 4º

Número 1 do mundo se mantém soberano na lista da ATP e chega aos 13.045 pontos após conquistar o título do Aberto da Austrália

Estadão Conteúdo

02 de fevereiro de 2015 | 10h37

O sérvio Novak Djokovic está disparado na liderança do ranking da ATP. Na primeira atualização da lista após a disputa do Aberto da Austrália, o número 1 do mundo se manteve soberano no ranking e chegou aos 13.045 pontos depois de conquistar o título do primeiro Grand Slam da temporada.

Assim, Djokovic abriu uma vantagem de quase 4 mil pontos para o segundo colocado, o suíço Roger Federer, que agora está em segundo lugar no ranking mundial do tênis com 9.245, após parar na terceira rodada do Aberto da Austrália. Já o espanhol Rafael Nadal, eliminado nas quartas de final, é o terceiro colocado com 5.745 pontos.

Nadal, aliás, agora é seguido de perto pelo novo quarto colocado do ranking da ATP. Finalista do Aberto da Austrália, o britânico Andy Murray ganhou duas posições na lista e agora está na quarta colocação com 5.515 pontos. Um dos tenistas que Murray ultrapassou foi o japonês Kei Nishikori, que parou nas quartas de final em Melbourne, e segue em quinto lugar com 5.205 pontos.

Apesar de ter sido ultrapassado por Murray, Nishikori permaneceu na quinta colocação se aproveitando da queda brusca de Stan Wawrinka. O suíço não conseguiu defender o seu título de 2014 do Aberto da Austrália ao perder nas semifinais e caiu cinco posições no ranking. Assim, agora ele está em nono lugar.

Quem também se aproveitou da queda de Wawrinka foi o canadense Milos Raonic, que ascendeu duas posições no ranking e agora é o sexto colocado após avançar até as quartas de final em Melbourne. Ele está à frente do checo Tomas Berdych, o sétimo do ranking, e do croata Marin Cilic, o oitavo da lista. O Top 10 do ranking mundial é completado pelo espanhol David Ferrer, o décimo colocado.

Eliminado exatamente por Ferrer na sua estreia no Aberto da Austrália, Thomaz Bellucci, o melhor tenista do País na lista da ATP caiu oito posições e agora ocupa a 73ª colocação.

Confira o ranking da ATP:

1.º - Novak Djokovic (SER) - 13.045 pontos

2.º - Roger Federer (SUI) - 9.245

3.º - Rafael Nadal (ESP) - 5.745

4.º - Andy Murray (GBR) - 5.515

5.º - Kei Nishikori (JAP) - 5.205

6.º - Milos Raonic (CAN) - 4.845

7.º - Tomas Berdych (RCH) - 4.660

8.º - Marin Cilic (CRO) - 4.105

9.º - Stan Wawrinka (SUI) - 4.090

10.º - David Ferrer (ESP) - 3.965

11.º - Grigor Dimitrov (BUL) - 3.465

12.º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA) - 2.560

13.º - Ernests Gulbis (LET) - 2.420

14.º - Feliciano López (ESP) - 2.220

15.º - Kevin Anderson (AFS) - 2.125

16.º - Roberto Bautista (ESP) - 1.975

17.º - Tommy Robredo (ESP) - 1.845

18.º - John Isner (EUA) - 1.765

19.º - Gilles Simon (FRA) - 1.730

20.º - Gael Monfils (FRA) - 1.725

---

73.º - Thomaz Bellucci (BRA) - 693

113.º - João Souza (BRA) - 494

173.º - André Ghem (BRA) - 289

217.º - Fabiano de Paula (BRA) - 224

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.