Jean Christophe Magnenet/ AFP
Jean Christophe Magnenet/ AFP

Djokovic dispara no ranking após título e Nadal sobe para 4º lugar

Bellucci, 75º, volta a ser o melhor brasileiro; Feijão é 77º

Estadão Conteúdo

20 de abril de 2015 | 12h25

O sérvio Novak Djokovic está cada vez mais folgado na liderança do ranking da ATP. Campeão do Masters 1000 de Montecarlo no último fim de semana, o número 1 do mundo chegou aos 13.845 pontos, com uma impressionante vantagem de 5.460 para o segundo colocado, o suíço Roger Federer, que soma 8.385 e parou na terceira rodada do torneio monegasco.

A vantagem é fruto do excelente início de temporada de Djokovic, que foi campeão do Aberto da Austrália e levou o título dos três Masters 1000 já realizados em 2015 - além de Montecarlo, ele também faturou os torneios realizados em Indian Wells e Miami.

O britânico Andy Murray segue em terceiro lugar, com 6.040 pontos, mas agora é segundo pelo espanhol Rafael Nadal, que caiu nas semifinais em Montecarlo e subiu para o quarto lugar, ultrapassando o japonês Kei Nishikori, agora o quinto do ranking, seguido do canadense Milos Raonic, que parou nas quartas de final do último Masters 1000.

Vice-campeão em Montecarlo, o checo Tomas Berdych subiu para o sétimo lugar no ranking, ficando à frente do espanhol David Ferrer, que foi quadrifinalista no mesmo torneio. A campanha foi a mesma do croata Marin Cilic, que agora é o nono colocado do ranking, ultrapassando o suíço Stan Wawrinka, que foi campeão em Montecarlo no ano passado, mas agora foi eliminado na terceira rodada.

Principal surpresa do Masters 1000 de Montecarlo ao avançar até as semifinais, o francês Gael Monfils subiu três posições no ranking e atingiu a 15ª colocação.

Entre os tenistas do Brasil, Thomaz Bellucci aproveitou a queda de João Souza para voltar a ser o número 1 do País. Bellucci segue em 75º lugar, duas posições à frente de Feijão, que caiu no ranking por ter descartado pontos.

Confira o ranking da ATP:

1.º - Novak Djokovic (SER) - 13.845 pontos

2.º - Roger Federer (SUI) - 8.385

3.º - Andy Murray (GBR) - 6.060

4.º - Rafael Nadal (ESP) - 5.435

5.º - Kei Nishikori (JAP) - 5.280

6.º - Milos Raonic (CAN) - 5.070

7.º - Tomas Berdych (RCH) - 4.960

8.º - David Ferrer (ESP) - 4.490

9.º - Marin Cilic (CRO) - 3.495

10.º - Stan Wawrinka (SUI) - 3.495

11.º - Grigor Dimitrov (BUL) - 3.145

12.º - Feliciano López (ESP) - 2.380

13.º - Gilles Simon (FRA)- 2.255

14.º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA) - 2.045

15.º - Gael Monfils (FRA) - 2.020

16.º - Roberto Bautista Agut (ESP) - 1.985

17.º - Kevin Anderson (AFS) - 1.960

18.º - Ernests Gulbis (LET) - 1.910

19.º - John Isner (EUA) - 1.765

20.º - Tommy Robredo (ESP) - 1.720

75.º - Thomaz Bellucci (BRA) - 656

77.º - João Souza (BRA) - 650

151.º - André Ghem (BRA) - 356

181.º - Guilherme Clezar (BRA) - 273M

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.